Governo quer salário mínimo no valor de R$ 1.067 para 2021

Assim como ocorreu em 2020, o salário mínimo do ano que vem poderá sofrer ajuste apenas com base na inflação. Confira os detalhes em nossa matéria!

Na proposta sobre a lei orçamentária para 2021, encaminhada na última segunda-feira (31/08), o governo federal indicou que o salário mínimo terá ajuste apenas conforme a inflação (aumento contínuo e generalizado dos preços na economia). O novo valor concebido pela equipe econômica, que ainda depende da aprovação do Congresso, foi de R$ 1.067,00 e representa um aumento de R$ 22 em relação ao vigente (R$ 1.045).

De acordo com informações do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), o salário mínimo serve de referência para aproximadamente 49 milhões de trabalhadores no país. A Constituição estabelece que o valor precisa ser reajustado, no mínimo, pela variação do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) do ano anterior.

Acompanhe a matéria completa e fique por dentro de mais detalhes sobre o assunto. Não se esqueça de conferir outros conteúdos de nosso site, como simulados e artigos. Temos certeza de que existe um material feito especialmente para você!

Salário mínimo de 2021 terá reajuste somente com base na inflação

O governo argumentou que a queda no valor previsto está ligada com a decisão sobre usar somente a inflação de 2020 como referência. Como a estimativa perante o índice inflacionário sofreu um recuo, o salário mínimo também terá um reajuste menor. Entretanto, o valor ainda poderá ser modificado. Tudo vai depender do comportamento da inflação.

Vale destacar que o governo, em abril de 2020, havia proposto que o salário mínimo tivesse o valor de R$ 1.079. Isso aconteceu porque, na época, a equipe econômica previa que o INPC teria uma alta de 3,27% em 2020, mas o percentual caiu para 2,09% no mês de julho. Com o novo ajuste para R$ 1.067, encaminhado dentro da proposta sobre a lei orçamentária de 2021, ocorreu uma redução de R$ 12 em comparação com a estimativa anterior.

Sem aumento real no salário mínimo de 2021

Com o valor sendo ajustado apenas conforme a inflação, não haverá "ganho real" no salário mínimo de 2021. O governo atual, dessa maneira, acabou mudando a política de aumentos reais (acima da inflação) que vinha sendo implementada nos anos anteriores, como havia sido proposta por Dilma Rousseff e aprovada pelo Congresso.

“Se tiver algum aumento nesse sentido, uma outra despesa primária vai ter que ser reduzida. Lembrando do efeito que o salário mínimo tem sobre despesas: ano passado, R$ 1 a mais no salário mínimo tínhamos R$ 300 milhões a mais de despesas. Se tivermos aumento acima do que foi colocado — qualquer valor — teremos que ter uma outra despesa cortada”, afirmou o secretário especial de Fazenda, Waldery Rodrigues, em coletiva de imprensa.

Compartilhe

Especial Concurso BB

Veja mais »