Analista censitário / agronomia

Prepare-se com questões de Analista censitário / agronomia

01

(FGV - 2016 - IBGE - Analista/engenharia agronômica) - Sistema de Plantio Direto (SPD) é um sistema de manejo do solo em que a palha e os demais restos culturais são deixados na superfície do solo. No SPD, o revolvimento do solo não é realizado entre a colheita e o plantio do cultivo seguinte. Ou seja, as operações de preparo do solo (aragem e gradagem) são eliminadas do processo de produção, mantendo assim a palhada intacta sobre o solo antes e depois do plantio. Outro princípio do Plantio Direto é a utilização da rotação de culturas. Entretanto, o SPD ainda apresenta algumas dificuldades. Dentre as vantagens versus (VS) dificuldades do SPD, destacam-se:

  1. a
  2. b
  3. c
  4. d
  5. e
Código da questão
Q35417Ca
02

(FGV - 2016 - IBGE - Analista/engenharia agronômica) - É essencial o conhecimento de práticas culturais simples que podem fazer uma enorme diferença na produtividade, como profundidade de semeadura ou densidade de plantio. Sobre esse tema, é correto afirmar que:

  1. a
  2. b
  3. c
  4. d
  5. e
Código da questão
Q35425Ca
03

(FGV - 2016 - IBGE - Analista/engenharia agronômica) - 

Sem A, não se tem B.
Sem B, não se tem C.

Assim, conclui-se que:

  1. a
  2. b
  3. c
  4. d
  5. e
Código da questão
Q35395Ca
04

(FGV - 2016 - IBGE - Analista/engenharia agronômica) - A frase abaixo que exemplifica uma incoerência é:

  1. a
  2. b
  3. c
  4. d
  5. e
Código da questão
Q35384Ca
05

(FGV - 2016 - IBGE - Analista/engenharia agronômica) - As Boas Práticas Agrícolas (BPA) são controles internacionalmente conhecidos, necessários para a segurança e a adequação do alimento para consumo. Os conceitos e princípios das BPA são parte de ampla estratégia desenvolvida pela Comissão do Codex Alimentarius, com base no Código Internacional de Práticas Recomendadas para promover a segurança dos alimentos. A Comissão do Codex Alimentarius executa o Programa Conjunto da FAO/OMS sobre Normas Alimentares, cujo objetivo é proteger a saúde dos consumidores e garantir práticas equitativas no comércio de alimentos. Nesse contexto, é correto afirmar que:

  1. a
  2. b
  3. c
  4. d
  5. e
Código da questão
Q35422Ca
06

(FGV - 2017 - IBGE - Analista Censitário) - 

Texto 1 – ENTREVISTA COM O FÍSICO HOWARD GELLER

O Brasil passou por um período de racionamento de energia em 2001. Isso pode se repetir? O que pode ser feito para evitar um novo racionamento?

O racionamento foi resultado da política de privatização e desregulamentação que não incentivou suficientemente a construção de novas usinas. O governo também não permitiu que o setor público investisse nessa área. Não planejou nem implementou uma política para o setor. O problema principal foi esse e não tinha uma carência de energia ou da capacidade de fornecê-la, embora o volume de chuvas tenha sido pequeno nos anos anteriores.

No futuro, o desafio será adotar uma política energética que estimule o fornecimento de energia, através de eletricidade ou de combustíveis, a um custo acessível para os consumidores e as empresas, protegendo inclusive o meio ambiente. É preciso levar em conta questões econômicas e sociais. No Brasil, há pelo menos 20 milhões de pessoas que vivem em áreas rurais das regiões Norte e Nordeste, sem acesso à eletricidade. Uma boa política expandiria o fornecimento para essa população. (Ciência Hoje, maio de 2004 - adaptado)

“Não planejou nem implementou uma política para o setor”.

Sobre as duas ações citadas nesse segmento do texto 1, pode-se corretamente afirmar que:

  1. a
  2. b
  3. c
  4. d
  5. e
Código da questão
Q53803Ca
07

(FGV - 2016 - IBGE - Analista/engenharia agronômica) - Na produção animal, o manejo de pastagens pode ser caracterizado como o controle das relações do sistema solo – planta – animal, o que permite a definição de diferentes sistemas de pastejo, cada um com características próprias de concepção e planejamento, a partir de variáveis dependentes e independentes.

Considerando a adoção do Sistema de Manejo Rotacionado, tendo como variáveis independentes 12 vacas e 1 touro, 30 dias de período de descanso de cada piquete, 15 dias de período de pastejo de cada piquete, 1 UA = 450 Kg de PV, 1 vaca 400 Kg de PV, 1 touro 600Kg de PV, taxa de lotação 1,5 UA/há e com adubação só na formação, as variáveis dependentes número de piquetes, área total de pastagem e área de cada piquete serão, respectivamente:

  1. a
  2. b
  3. c
  4. d
  5. e
Código da questão
Q35426Ca
08

(FGV - 2017 - IBGE - Analista Censitário) - Entre os cinco números 2, 3, 4, 5 e 6, dois deles são escolhidos ao acaso e o produto deles dois é calculado.

A probabilidade desse produto ser um número par é:

  1. a
  2. b
  3. c
  4. d
  5. e
Código da questão
Q53810Ca
09

(FGV - 2016 - IBGE - Analista/engenharia agronômica) - Os sistemas brasileiros de inspeção sanitária de produtos de origem animal são regulamentados por um conjunto de leis, decretos, resoluções, portarias e outros instrumentos legais. Essa legislação trata do funcionamento dos serviços de inspeção e fiscalização sanitária dos estabelecimentos produtores de alimentos. Esse funcionamento da inspeção pode ser compreendido em dois diferentes sistemas de inspeção, em vigência no país. Até 2006 vigorava, exclusivamente, um sistema convencional, com responsabilidades específicas nas esferas Federal, Estadual e Municipal – SIF, SIE e SIM. A partir de 2006 um novo sistema de inspeção para produtos de origem animal vem sendo implantado no Brasil, que é o Sistema Unificado de Atenção à Sanidade Agropecuária – Suasa. A implantação do Suasa tem por objetivo reorganizar o sistema de forma descentralizada e integrada, entre a União (o MAPA), instância central e que coordena todo o sistema, os Estados e o Distrito Federal, como instância intermediária, e os municípios, como instância local. Nesse contexto, é correto afirmar que:

  1. a
  2. b
  3. c
  4. d
  5. e
Código da questão
Q35428Ca
10

(FGV - 2016 - IBGE - Analista/engenharia agronômica) - O solo, mesmo quando detentor de adequada fertilidade natural, tende a apresentar, após cultivos sucessivos, diminuição em sua capacidade de fornecimento de nutrientes e demais elementos benéficos em quantidade necessária para a manutenção dos níveis de produtividade das lavouras. Para evitar que ocorra redução da disponibilidade de nutrientes, deve-se:

  1. a
  2. b
  3. c
  4. d
  5. e
Código da questão
Q35402Ca