Fiscal sanitário

Prepare-se com questões de Fiscal sanitário

01

(CONRIO - 2015 - Prefeitura de Biritiba Mirim/SP - Fiscal sanitário) - Quando do diagnóstico de uma epidemia, faz-se importante observar os cuidados necessários para o descarte de uma série de outras circunstâncias que não uma epidemia, as quais podem explicar porque o número de casos da doença superou o valor esperado, tais como:

I- mudanças na nomenclatura da doença.
II- alteração no conhecimento da doença que resulte no aumento da sensibilidade diagnóstica.
III- melhoria do sistema de notificação.
IV- variação sazonal.
V- implantação ou implementação de programa de saúde que resulte no aumento da sensibilidade de detecção de casos.

Está correto o que se afirma em:

  1. a
  2. b
  3. c
  4. d
  5. e
Código da questão
Q26834Ca
02

(UNOESC - 2015 - Prefeitura de Erval Velho/SC - Fiscal sanitário) - Algumas doenças ocorrem na cavidade bucal e necessitam de sua atenção, entre elas, destacase a cárie. Entre as alternativas a seguir, assinale a alternativa INCORRETA:

  1. a
  2. b
  3. c
  4. d
Código da questão
Q12663Ca
03

(OBJETIVA - 2015 - Prefeitura de São João do Polêsine/RS -  Fiscal sanitário) - “O desaparecimento de florestas no Brasil é causado por três fatores principais: a obtenção de solo para a agropecuária, a indústria madeireira e a especulação imobiliária.”

http://www.cultivando.com.br... - adaptado.

Considerando-se o trecho acima, em relação às consequências do desmatamento e o prejuízo ambiental, analisar os itens abaixo:

I - Perda da biodiversidade.
II - Degradação dos mananciais.
III - Redução do regime de chuvas.

Está(ão) CORRETO(S):

  1. a
  2. b
  3. c
  4. d
Código da questão
Q21730Ca
04

(IDECAN - 2016 - Prefeitura de Conquista/MG - Fiscal sanitário) - Conforme a Lei nº 6.437/77, que configura infrações à legislação sanitária federal, estabelece as sanções respectivas, e dá outras providências, as infrações serão punidas, alternativamente ou cumulativamente, com penalidade de:

I. Advertência.
II. Repreensão.
III. Notificação.

Representa(m) penalidade(s) apena(s) a(s) alternativa(s)

  1. a
  2. b
  3. c
  4. d
Código da questão
Q42847Ca
05

(UNOESC - 2015 - Prefeitura de Erval Velho/SC - Fiscal sanitário) - Os Municípios que fazem limite com Erval Velho são:

  1. a
  2. b
  3. c
  4. d
Código da questão
Q12647Ca
06

(IDECAN - 2016 - Prefeitura de Conquista/MG - Fiscal sanitário) - De acordo com a Lei nº 6.437/1977, que configura infrações à legislação federal, estabelece as sanções respectivas, e dá outras providências:

I. Fazer propaganda de produtos sob vigilância sanitária, alimentos e outros, contrariando a legislação sanitária.

II. Produzir ou fabricar, sem registro, licença, ou autorizações do órgão sanitário competente ou contrariando o disposto na legislação sanitária pertinente.

III.Deixar, aquele que tiver o dever legal de fazê-lo, de notificar doença ou zoonose transmissível ao homem, de acordo com o que disponham as normas legais ou regulamentares vigentes.

Configuram infrações as afirmativas

  1. a
  2. b
  3. c
  4. d
Código da questão
Q42844Ca
07

(CONRIO - 2015 - Prefeitura de Biritiba Mirim/SP - Fiscal sanitário) - Os parâmetros para a inclusão de doenças e agravos na lista de notificação compulsória devem obedecer os alguns critérios, sendo assim, definimos Vulnerabilidade:

  1. a
  2. b
  3. c
  4. d
  5. e
Código da questão
Q26829Ca
08

(OBJETIVA - 2015 - Prefeitura de São João do Polêsine/RS - Fiscal sanitário) - Com base na Lei Estadual nº 6.503/72, em relação ao que dispõe sobre o saneamento do meio, assinalar a alternativa que apresenta uma informação INCORRETA:

  1. a
  2. b
  3. c
  4. d
Código da questão
Q21740Ca
09

(CONRIO - 2015 - Prefeitura de Biritiba Mirim/SP - Fiscal sanitário) - As medidas quantitativas de avaliação de um sistema de vigilância epidemiológica incluem sensibilidade, especificidade, representatividade e oportunidade; e as qualitativas, simplicidade, flexibilidade e aceitabilidade. Sendo assim, analise as afirmativas:

I- Sensibilidade é a capacidade de o sistema detectar casos; especificidade expressa a capacidade de excluir os “não-casos”. A representatividade diz respeito à possibilidade de o sistema identificar todos os subgrupos da população onde ocorrem os casos. A oportunidade refere-se à agilidade do fluxo do sistema de informação.

II- A simplicidade deve ser utilizada como princípio orientador dos sistemas de vigilância, tendo em vista facilitar a operacionalização e reduzir os custos. A flexibilidade se traduz pela capacidade de adaptação do sistema a novas situações epidemiológicas ou operacionais (inserção de outras doenças, atuação em casos emergenciais, implantação de normas atualizadas, incorporação de novos fatores de risco, etc.), com pequeno custo adicional.

III- A aceitabilidade se refere à disposição de indivíduos, profissionais ou organizações, participarem e utilizarem o sistema. Em geral, a aceitação está vinculada à importância do problema e à interação do sistema com os órgãos de saúde e a sociedade em geral (participação das fontes notificantes e retroalimentação).

Está correto o que se afirma em:

  1. a
  2. b
  3. c
  4. d
  5. e
Código da questão
Q26830Ca
10

(IDECAN - 2016 - Prefeitura de Conquista/MG - Fiscal sanitário) - “Uma campanha está sendo realizada para que haja maior adesão quanto à vacinação preventiva à hepatite B. Um estudo epidemiológico revelou que a maior cobertura vacinal está relacionada à primeira dose dessa vacina junto às crianças.” Segundo o calendário vacinal nacional, essa dose deveria ter sido dada

  1. a
  2. b
  3. c
  4. d
Código da questão
Q42835Ca

Especial IBGE

Veja mais »