Guarda civil municipal

Prepare-se com questões de Guarda civil municipal

01

(FUNCERN - 2018 - Prefeitura de Sítio Novo - RN - Guarda Municipal) - Considerando os termos do artigo 30 da Constituição da República Federativa do Brasil, compete aos Municípios:

  1. a
  2. b
  3. c
  4. d
Código da questão
Q55989Ca
02

(SELECON - 2020 - Prefeitura de Boa Vista - RR - Guarda Civil Municipal) - B.T. é condenado pela prática de crime tipificado na Lei nº 9.605/90, que dispõe sobre as sanções penais e administrativas derivadas de condutas e atividades lesivas ao meio ambiente. Sua sanção foi cumprir pena restritiva de direitos na modalidade prestação de serviços à comunidade que, nos termos da lei em foco, pode consistir em:

  1. a
  2. b
  3. c
  4. d
Código da questão
Q60219Ca
03

(FUNCERN - 2018 - Prefeitura de Sítio Novo - RN - Guarda Municipal) - O conhecimento de atalhos na edição de textos usando o aplicativo Microsoft Word 2016, versão pt-BR, torna o processo de edição mais rápido e eficiente. Por exemplo, a seleção de uma frase inteira, independentemente de ela ocupar mais de uma linha ou não, pode ser executada pela combinação de pressionar a tecla

  1. a
  2. b
  3. c
  4. d
Código da questão
Q55985Ca
04

(SELECON - 2020 - Prefeitura de Boa Vista - RR - Guarda Civil Municipal) - Dan é acusado de injúria contra Fran, sua esposa. Ao ser enquadrado nos crimes tipificados pela Lei Maria da Penha (Lei nº 11.340/2006), o acusado atuou com violência:

  1. a
  2. b
  3. c
  4. d
Código da questão
Q60216Ca
05

(SELECON - 2020 - Prefeitura de Boa Vista - RR - Guarda Civil Municipal) - Leia o texto a seguir para responder à questão.

Texto I

Direito humano à alimentação adequada e soberania alimentar

O direito humano à alimentação adequada está contemplado no artigo 25 da Declaração Universal dos Direitos Humanos de 1948 e sua definição foi ampliada em outros dispositivos do Direito Internacional, como o artigo 11 do Pacto de Direitos Econômicos, Sociais e Culturais e o Comentário Geral nº 12 da ONU. No Brasil, resultante de amplo processo de mobilização social, em 2010 foi aprovada a Emenda Constitucional nº 64, que inclui a alimentação no artigo 6º da Constituição Federal. No entanto, isso não necessariamente significa a garantia da realização desse direito na prática, o que permanece como um desafio a ser enfrentado.
O direito humano à alimentação adequada consiste no acesso físico e econômico de todas as pessoas aos alimentos e aos recursos, como emprego ou terra, para garantir esse acesso de modo contínuo. Esse direito inclui a água e as diversas formas de acesso à água na sua compreensão e realização. Ao afirmar que a alimentação deve ser adequada, entende-se que ela seja adequada ao contexto e às condições culturais, sociais, econômicas, climáticas e ecológicas de cada pessoa, etnia, cultura ou grupo social.
Para garantir a realização do direito humano à alimentação adequada, o Estado brasileiro tem as obrigações de respeitar, proteger, promover e prover a alimentação da população. Por sua vez, a população tem o direito de exigir que eles sejam cumpridos, por meio de mecanismos de exigibilidade. Exigibilidade é o empoderamento dos titulares de direitos para exigir o cumprimento dos preceitos consagrados nas leis internacionais e nacionais referentes ao direito humano à alimentação adequada no âmbito dos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário, nas esferas federal, estaduais e municipais. Esses meios de exigibilidade podem ser administrativos, políticos, quase judiciais e judiciais.
Durante várias décadas, por influência dos países centrais, o Brasil e outros países em desenvolvimento procuraram responder ao problema da fome com a introdução da chamada revolução verde, que foi uma espécie de campanha de modernização da agricultura mediante a introdução de um pacote tecnológico baseado no uso intensivo de máquinas, fertilizantes químicos e agrotóxicos para aumentar a produção e, consequentemente, a humanidade acabaria com a fome. Introduziu-se, assim, um modelo agroexportador centrado nas monoculturas, que favoreceu a concentração das empresas, cada vez mais internacionalizadas, de modo que atualmente 30 conglomerados transnacionais controlam a maior parte da produção, da industrialização e do comércio agroalimentar no mundo, violando a soberania alimentar.
Muitos países, regiões e municípios, também dentro do Estado brasileiro, vivem sem soberania alimentar e outros tantos vivem com sua soberania a l i m e n t a r a m e a ç a d a p e l o s f a t o r e s supramencionados. Nesse contexto, a soberania alimentar significa o direito dos países definirem suas próprias políticas e estratégias de produção, distribuição e consumo de alimentos que garantam a alimentação para a população, respeitando as múltiplas características culturais dos povos em suas regiões.
Entre os desafios para a garantia do direito humano à alimentação adequada e da soberania e segurança alimentar e nutricional no Semiárido, encontram-se: a necessidade de respeitar a diversidade cultural e as formas de organização e produção, de modo que as comunidades tenham sua autonomia para produzir e consumir seus alimentos; e a importância de avançar na realização da reforma agrária, na regularização fundiária e no reconhecimento dos territórios para que os povos tenham maior autonomia para produzir seus alimentos.
Irio Luiz Conti
(integra o Consea Nacional e é membro da Fian Internacional.)
(Disponível em: http://www4.planalto.gov.br/consea/comunicacao/artigos/2014/direito-humano-a-alimentacao-adequada-e-soberania-alimentar)

De acordo com o texto, a soberania alimentar pressupõe o seguinte elemento:

  1. a
  2. b
  3. c
  4. d
Código da questão
Q60141Ca
06

(IBFC - 2020 - Prefeitura de Vinhedo - SP - Guarda Municipal) - O Congresso Nacional e suas Casas terão comissões permanentes e temporárias, constituídas na forma e com as atribuições previstas no respectivo regimento ou no ato de que resultar sua criação. Sobre o assunto, assinale a alternativa incorreta.

  1. a
  2. b
  3. c
  4. d
Código da questão
Q59348Ca
07

(FUNCERN - 2018 - Prefeitura de Sítio Novo - RN - Guarda Municipal) - O Facebook possui, entre os seus recursos, a possibilidade de promoção de publicações, que tem como objetivo ampliar o alcance de uma determinada publicação. Essa funcionalidade é disponibilizada para perfis por meio do botão

  1. a
  2. b
  3. c
  4. d
Código da questão
Q55983Ca
08

(SELECON - 2020 - Prefeitura de Boa Vista - RR - Guarda Civil Municipal) - Camila é investigadora da Polícia Civil, sendo ferida gravemente em confronto com grupo de pessoas portando armas de grosso calibre. Nos termos da Lei nº 8.072/90, é considerado crime hediondo o praticado dolosamente contra agente de segurança que resulte em:

  1. a
  2. b
  3. c
  4. d
Código da questão
Q60204Ca
09

(SELECON - 2020 - Prefeitura de Boa Vista - RR - Guarda Civil Municipal) - No que diz respeito ao hardware dos computadores atuais, uma impressora multifuncional 3 em 1 integra funções específicas que facilitam as atividades de rotina no ambiente de informática. Além da impressão propriamente dita, as duas outras funções são:

  1. a
  2. b
  3. c
  4. d
Código da questão
Q60266Ca
10

(IBFC - 2020 - Prefeitura de Vinhedo - SP - Guarda Municipal) - O Estatuto Geral das Guardas Municipais (Lei Federal nº 13.022/2014) estabelece princípios mínimos de atuação das guardas municipais. Assinale a alternativa que apresenta um desses princípios:

  1. a
  2. b
  3. c
  4. d
Código da questão
Q59323Ca

Especial PRF

Veja mais »