História – Nível Superior

Prepare-se com questões de História

01
No que diz respeito ao Estado Novo, uma das várias experiências autoritárias brasileiras, assinale a opção correta.
  1. a
  2. b
  3. c
  4. d
Código da questão
Q832Ca
02
Os regimes fascistas surgidos no entre-guerra
  1. a
  2. b
  3. c
  4. d
Código da questão
Q848Ca
03
Em consequência do processo de centralização do poder real e de unificação territorial, a maior parte destes Estados evoluiu no sentido da monarquia absoluta. Este é o regime em que o rei, encarnando o ideal nacional, possui, além disso, de direito e de fato, os atributos da soberania: poder de decretar leis, de prestar justiça, de arrecadar impostos, de manter um exército permanente, de nomear funcionários (...).

MOUSNIER, R. Os séculos XVI e XVII, 1° vol., In: História Geral das Civilizações, tomo IV. DIFEL, p. 105 e 108.

Nos séculos XVI e XVII, multiplicaram-se os principais autores de doutrinas que justificam o Estado autoritário e o absolutismo dos monarcas. Essas teorias, fundamentando-se ou não na religião, tiveram como um dos representantes das concepções leigas
  1. a
  2. b
  3. c
  4. d
  5. e
Código da questão
Q728Ca
04
Acerca das causas da Segunda Guerra Mundial, assinale a opção correta.
  1. a
  2. b
  3. c
  4. d
Código da questão
Q847Ca
05
No que diz respeito ao neoliberalismo, conjunto de  ideias fortalecido pela hegemonia americana no pósguerra
fria, assinale a opção correta.
  1. a
  2. b
  3. c
  4. d
Código da questão
Q844Ca
06
Os africanos foram trazidos para o Brasil em um uxo de intensidade variável. Os cálculos sobre o número de pessoas transportadas como escravos variavam muito. Estima-se que, entre 1550 e 1855, entraram pelos portos brasileiros 4 milhões de escravos.

Boris Fausto - História concisa do Brasil. 2002 (com adaptações)

A respeito da escravidão negra no Brasil, assinale a opção correta.
  1. a
  2. b
  3. c
  4. d
Código da questão
Q851Ca
07
Obedecendo às mesmas razões das Revoluções de 1830 (crise econômica, propaganda das ideias liberais e nacionais, descontentamento da burguesia e do proletariado), as Revoluções de 1848, na Europa, tiveram como novidade a entrada em cena do Socialismo. Era o socialismo utópico ou romântico, pregado por vários pensadores que discutiam os problemas do proletariado.
No Brasil, desde o Período Colonial, passando pelo Período Joanino e pelo 1º Reinado, havia, em Pernambuco, uma forte tradição revolucionária.
No Período Regencial, o clima de agitação se alastrou por todo o país e alcançou também essa Província. As pequenas rebeliões que eclodiram entre 1831 e 1834 revelaram o descontentamento popular e prepararam uma revolta mais profunda. Tal movimento, ocorrido em 1848, foi o último grito do liberalismo radical contra o domínio conservador que iria se estender por todo o Império e parte da República.
Qual a revolta liberal radical ocorrida em 1848, no Brasil, que apresenta semelhança com as Revoluções Liberais que aconteceram na França e em outros locais da Europa, no mesmo ano?
  1. a
  2. b
  3. c
  4. d
  5. e
Código da questão
Q731Ca
08
Acerca da derrocada do regime comunista na União Soviética, assinale a opção correta.
  1. a
  2. b
  3. c
  4. d
Código da questão
Q841Ca
09
Em agosto de 1820, irrompeu em Portugal uma revolução liberal inspirada nas ideias ilustradas. Os revolucionários procuravam enfrentar o momento de profunda crise na vida portuguesa. Crise política (...); crise econômica (...); crise militar (...). Basta lembrar que, na ausência de D. João, Portugal foi governado por um conselho de regência presidido pelo marechal inglês Beresford.

FAUSTO, Boris. História do Brasil. Edusp. 1994.

A Revolução do Porto de 1820 tinha aspectos contraditórios no que se refere ao Brasil e Portugal. Se, para Portugal, ela podia ser definida como liberal, condenando a monarquia absoluta e defendendo a elaboração de uma Constituição para o país, no que se referia ao Brasil, as Cortes de Lisboa adotaram medidas de caráter recolonizador que acabaram acelerando a Independência do Brasil.

Dentre as medidas recolonizadoras das Cortes de Lisboa que conduziram ao crescimento da ideia separatista, aponta-se a(o)
  1. a
  2. b
  3. c
  4. d
  5. e
Código da questão
Q729Ca
10
Durante séculos, inclusive antes do nascimento de Cristo, os mercadores foram os principais intermediários entre o que vinha de fora e o que já existia no continente africano. O comércio permitiu que povos distantes entrassem em contato com as populações nativas, o que facilitou a transmissão de conhecimentos e crenças. A longo prazo, a presença de alguns africanos e estrangeiros e as relações estabelecidas provocaram grandes mudanças nas sociedades locais.
Os povos de fora com os quais os africanos tiveram contato pela costa atlântica e uma consequência desse contato, são, respectivamente,
  1. a
  2. b
  3. c
  4. d
  5. e
Código da questão
Q723Ca

Especial Concurso BB

Veja mais »