Historiador

Prepare-se com questões de Historiador

01

(FAPERP - 2011 - Prefeitura de Pontes e Lacerda/MT - Historiador) - O tema da memória está em voga, hoje mais do que nunca. Fala-se da memória da mulher, do negro, do oprimido, das greves do ABC, memória da Constituinte e do partido, memória da cidade, do bairro, da empresa, da família. Talvez apenas a memória nacional, tantas vezes acuada (e tantas vezes acuadora) esteja retraída. Multiplicam-se as casas de memória, centros, arquivos, bibliotecas, museus, coleções, publicações especializadas (até mesmo periódicos). Os movimentos de preservação do patrimônio cultural e de outras memórias específicas já contam com força política e têm reconhecimento público. Se o antiquariato, a moda retro, os revivals mergulham na sociedade de consumo, a memória também tem fornecido munição para confrontos e reivindicações de toda espécie.

MENESES, Ulpiano Bezerra de. A História, cativa da memória: para um mapeamento da memória no campo das Ciências Sociais. In: Revista do Instituto de Estudos Brasileiros. São Paulo, n.34, 1992, p. 9. Apud O saber histórico na sala de aula / Circe Bittencourt (org.) 11ª. ed., 1ª reimpressão – São Paulo: Contexto, 2008. – (Repensando o Ensino).

O texto acima esclarece as ideias do historiador. Por outro lado, a temática da memória e de sua materialização através dos bens consubstanciados no patrimônio histórico é recente no âmbito da historiografia brasileira, bem como na produção acadêmica oriunda dos cursos de pós-graduação em História existentes no país, e praticamente ausente no processo ensino-aprendizagem em diferentes níveis escolares. Isso se explica:

  1. a
  2. b
  3. c
  4. d
Código da questão
Q12241Ca
02

(AOCP - 2012 - SECAD/TO - Historiador) - Sobre as funções do vereador, assinale a alternativa correta.

  1. a
  2. b
  3. c
  4. d
  5. e
Código da questão
Q21773Ca
03

(AOCP - 2012 - SECAD/TO - Historiador) - Leia o texto e responda: “A História faz-se, sem dúvida, com documentos escritos, quando eles existem; e até mesmo, na sua falta, ela pode e deve fazer-se. A partir de palavras e sinais; de paisagens e pedaços de argila; das formas de campos e de ervas daninhas; dos eclipses de lua e das coleiras de parelha da perícia de pedras feitas por geólogos e da análise de espadas metálicas por químicos. Em suma, a partir de tudo o pertencente ao homem, depende e está a serviço do homem, exprime o homem, significa a presença, a atividade, as preferências e as maneiras de ser do homem” (FEBVRE, Lucien. Combates pela História. Lisboa: Presença.). O fragmento de texto acima nos permite afirmar que

  1. a
  2. b
  3. c
  4. d
  5. e
Código da questão
Q21783Ca
04

(AOCP - 2012 - SECAD/TO - Historiador) - Assinale a alternativa que indica dois historiadores que desenvolveram e\ou defenderam a seguinte formulação teórica da história: A formação da classe operária não é simplesmente o resultado das novas forças produtivas, é um desenvolvimento no âmbito da História política e cultural e não da História econômica. As relações sociais de produção não são coisas, elas só existem inseridas no âmbito da cultura e da consciência de classe. Por isso deve-se incluir personagens anônimos na escrita da História e considerá-los agentes de seu próprio fazer e não vítimas.

  1. a
  2. b
  3. c
  4. d
  5. e
Código da questão
Q21786Ca
05

(FAPERP - 2011 - Prefeitura de Pontes e Lacerda/MT - Historiador) - (...) Ora, é somente quando se instaura a sociedade burguesa que o ser social pode surgir à consciência humana como um ser que, condicionado pela natureza, é diferente dela. Como Marx assinalou, a sociedade burguesa (o capitalismo) “socializa” as relações sociais: estas podem ser apreendidas pelos homens não como resultantes de desígnios e vontades estranhos a eles, mas como produto de sua interação, de seus interesses, de seus conflitos e de seus objetivos. Na sociedade burguesa, o processo social – ao contrário das sociedades precedentes – tem características tais que os homens podem percebê-lo como fruto de suas ações e desempenhos. (...).

NETTO, José Paulo. O que é Marxismo? São Paulo: Brasiliense, 1985. P.16-17. Coleção Primeiros Passos. Apud CHALITA, Gabriel. Vivendo a Filosofia. São Paulo: Editora Ática. 2006. p. 342.

Da apreciação do texto acima, podemos concluir que, segundo a Teoria da História, o Marxismo diz em síntese que:

  1. a
  2. b
  3. c
  4. d
Código da questão
Q12236Ca
06

Clique aqui e leia o texto relacionado com a questão

(FAPERP - 2011 - Prefeitura de Pontes e Lacerda/MT - Historiador) - No trecho “E queiram saber porque ele está preso, o que ele advogava e se essa situação é justa”, a palavra grifada foi empregada fora da norma padrão. Assinale a alternativa que contém a grafia correta da palavra.

  1. a
  2. b
  3. c
  4. d
Código da questão
Q12226Ca
07

(FAPERP - 2011 - Prefeitura de Pontes e Lacerda/MT - Historiador) - Empresário bem-sucedido do ramo têxtil, José Alencar Gomes da Silva nasceu em Muriaé (MG), em 17 de outubro de 1931 e morreu no primeiro semestre de 2011, aos 79 anos, no hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, de câncer e falência de múltiplos órgãos. Assinale a alternativa que contempla apenas cargos para as quais José Alencar foi eleito em sua carreira política.

  1. a
  2. b
  3. c
  4. d
Código da questão
Q12216Ca
08

(AOCP - 2012 - SECAD/TO - Historiador) - Sobre as atrações/manifestações culturais e/ou religiosas no estado do Tocantins, assinale a alternativa correta.

  1. a
  2. b
  3. c
  4. d
  5. e
Código da questão
Q21780Ca
09

(AOCP - 2012 - SECAD/TO - Historiador) - Sobre o município e/ou a cidade de Araguaína no estado do Tocantins, assinale a alternativa correta.

  1. a
  2. b
  3. c
  4. d
  5. e
Código da questão
Q21777Ca
10

(FAPERP - 2011 - Prefeitura de Pontes e Lacerda/MT - Historiador) - Não obstante a grande importância de Pontes e Lacerda para o desenvolvimento da região Centro-Oeste, especificamente para o Estado de Mato Grosso, podemos dizer que sua representação democrática só veio com a eleição de seu primeiro prefeito, para o mandato de:

  1. a
  2. b
  3. c
  4. d
Código da questão
Q12245Ca