Médico angiologista

Prepare-se com questões de Médico angiologista

(FBC - 2013 - Prefeitura de Japeri/RJ - Médico angiologista) - Marque a opção correta. O artigo 5º da lei 8.080 trata dos objetivos do SUS. Entre estes objetivos podemos destacar:

Código da questão
Q13981Ca

(CONSULPLAN - 2017 - Prefeitura de Sabará/MG - Médico Angiologista) - “Paciente com suspeita clínica de tuberculose. Radiografia de tórax com cavidades em terço superior do campo pleuro pulmonar D. Realizou-se pesquisa do bacilo no escarro (em três amostras) e escarro induzido.” Qual a melhor conduta para esclarecer o diagnóstico?

Código da questão
Q42172Ca

(FBC - 2013 - Prefeitura de Japeri/RJ - Médico angiologista) - Sobre a insuficiência venosa crônica afirma-se:

I - A insuficiência venosa crônica (IVC) pode ser conseqüente a obstrução do retorno venoso, refluxo ou combinação de ambos. O exame clínico e os métodos de diagnóstico complementar objetivam estabelecer quais destas condições estão presentes.

II - O diagnóstico da insuficiência venosa crônica é eminentemente clínico através da anamnese e exame físico.

III - A avaliação da IVC apresenta um grau de dificuldade menor que a avaliação da doença arterial. Os diferentes métodos diagnósticos da doença venosa são examinador - dependente e requerem habilidade clínica específica.

Está (ão) CORRETA (s):

Código da questão
Q13982Ca

(BIORIO - 2016 - Prefeitura de São Gonçalo/RJ - Médico angiologista) - O primeiro fármaco a ser utilizado na parada cardiorrespiratória é:

Código da questão
Q47126Ca

(IBFC - 2014 - Prefeitura de Alagoa Grande/PB - Médico angiologista) - Um paciente de 40 anos apresenta há 1 ano queixa de dor em queimação e rubor na extremidade superior direita, que melhoravam com o frio e com o uso de ácido acetilsalicílico, com áreas de necrose nos dedos. Foi ao dermatologista, que fez biópsia de pele com edema das células endoteliais. A hipótese diagnóstica principal é:

Código da questão
Q31584Ca

(CEPERJ - 2015 - Prefeitura de Saquarema/RJ - Médico angiologista) - De acordo com a cartilha do HumanizaSUS na Atenção Básica, o paciente que é cadastrado e acompanhado em uma unidade de saúde da atenção básica, caso tenha uma crise hipertensiva, deverá ser atendido, inicialmente:

Código da questão
Q23039Ca

(AOCP - 2015 - Prefeitura de Jaboatão dos Guararapes/PE - Médico angiologista) - Paciente masculino, 57 anos, tabagista, hipertenso, apresenta-se ao prontoatendimento com história de aparecimento de dor súbita em membro inferior esquerdo há cinco horas, com piora progressiva e bastante intensa no momento. Nega claudicação intermitente nos membros inferiores. Ao exame físico, nota-se palidez cutânea e hipotermia em todo membro e ausência de pulsos femoral, poplíteo e distal. Todos os pulsos estão presentes no membro colateral. Qual é a conduta a ser tomada neste caso?

Código da questão
Q31568Ca

(CEPERJ - 2015 - Prefeitura de Saquarema/RJ - Médico angiologista) - Mulher de 25 anos de idade, professora, apresentou alguns episódios de febre vespertina, astenia, perda de peso, evoluindo para claudicação intermitente no braço após pequenos esforços, diminuição da temperatura cutânea neste membro superior, palidez acentuada na mão. Alterações visuais, diminuição dos pulsos em artérias axilar, braquial, radial, ulnar. O diagnóstico provável é:

Código da questão
Q23051Ca

(IBFC - 2014 - Prefeitura de Alagoa Grande/PB - Médico angiologista) - Sobre o polimorfismo G20210A no gene da protrombina, uma importante condição que o aumenta risco trombótico, pode-se afirmar que:

Código da questão
Q31581Ca
10ª

(FBC - 2013 - Prefeitura de Japeri/RJ - Médico angiologista) - Não se inclui entre os efeitos colaterais relacionados ao uso de heparina não fracionada:

Código da questão
Q14000Ca