Museólogo

Prepare-se com questões de Museólogo

01

(UNIUV - 2015 - Prefeitura de Jaguariaíva/PR - Museólogo) - O código de ética para museus do ICOM pretende:

  1. a
  2. b
  3. c
  4. d
  5. e
Código da questão
Q14653Ca
02

(COPESE/UFJF - 2009 - UFJF - Museólogo) - O Decreto nº 3. 551, de 4 de agosto de 2000, instituiu o Programa Nacional do Patrimônio Imaterial e consequentemente o Registro de Bens Culturais de Natureza Imaterial. Esses Bens constituem patrimônio cultural brasileiro e podem ser inscritos nos seguintes livros do IPHAN, após aprovação do Conselho Consultivo do Patrimônio Cultural:

  1. a
  2. b
  3. c
  4. d
  5. e
Código da questão
Q24371Ca
03

(FUNRIO - 2015 - UFRB - Museólogo) - Qual o prazo máximo para a aplicação da pena de suspensão, nos termos da Lei nº 8112/90?

  1. a
  2. b
  3. c
  4. d
  5. e
Código da questão
Q27538Ca
04

(FUNRIO - 2015 - UFRB - Museólogo) - Com relação a aplicação da pena de morte, nos termos da Constituição Federal de 1988, pode-se afirmar o seguinte:

  1. a
  2. b
  3. c
  4. d
  5. e
Código da questão
Q27529Ca
05

(UFMA/NEC - 2012 - UFMA - Museólogo) - A concepção, montagem e supervisão de uma exposição museográfica diz respeito à atividade de:

  1. a
  2. b
  3. c
  4. d
  5. e
Código da questão
Q24404Ca
06

(FUNRIO - 2015 - UFRB - Museólogo) - A segurança de um museu abarca todos os procedimentos de proteção do acervo, dos funcionários, visitantes e do próprio prédio que abriga a instituição. Parte do processo que envolve a segurança do museu se refere ao conhecimento e à avaliação dos riscos, que variam de uma instituição à outra e variam de grau dependendo do contexto. Por exemplo, cada museu deve estabelecer para si qual é o risco aceitável, isto é, qual é o risco cuja frequência ou extensão não pode causar uma perda considerável à organização. Dentre os procedimentos abaixo citados, qual deles NÃO envolve diretamente a gestão de riscos de um determinado museu?

  1. a
  2. b
  3. c
  4. d
  5. e
Código da questão
Q27557Ca
07

(UNIUV - 2015 - Prefeitura de Jaguariaíva/PR - Museólogo) - Museografia são:

  1. a
  2. b
  3. c
  4. d
  5. e
Código da questão
Q14645Ca
08

(FUNRIO - 2015 - UFRB - Museólogo) - Com relação a perda do cargo pelo servidor público estável, nos termos da Constituição Federal, assinale a opção correta.

  1. a
  2. b
  3. c
  4. d
  5. e
Código da questão
Q27533Ca
09

(FUNRIO - 2015 - UFRB - Museólogo) - “Então não eram realmente os mesmos, esses negros, não tinham as mesmas caras galhofeiras que exibiam na festa, não pertenciam a ninguém, como lá sempre pertenceriam. E pelo menos hoje podiam bater seus tambores, pois haviam ido embora o barão, a baronesa e seus convidados.”

(RIBEIRO, João Ubaldo. Viva o povo brasileiro. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2007. p.166).

O trecho da obra de João Ubaldo Ribeiro se refere a manifestações da cultura negra no Brasil, um país construído a partir de dicotomias diversas entre a cultura dita “oficial” e culturas subalternas. A constituição de um patrimônio nacional brasileiro se deu, em diversos momentos da nossa história recente, por meio da disseminação da noção contraditória de que as diferenças são compartilhadas no bojo de uma cultura única e homogênea.

Sobre o processo de legitimação do patrimônio nacional e o reconhecimento da cultura produzida pela diáspora africana no Brasil, é possível afirmar o seguinte:

  1. a
  2. b
  3. c
  4. d
  5. e
Código da questão
Q27559Ca
10

(COPESE/UFJF - 2009 - UFJF - Museólogo) - A legislação brasileira de proteção ao patrimônio indica que:

  1. a
  2. b
  3. c
  4. d
  5. e
Código da questão
Q24396Ca