Português – Nível Fundamental

Prepare-se com questões de Português

01

(FCC - 2016 - CREMESP - Copeiro) - Atenção: Considere o texto abaixo para responder a questão.

A seleção natural desenhou o corpo humano para o movimento. Desde que nossos ancestrais desceram das árvores, há 6 milhões de anos, a competição conferiu vantagem de sobrevivência às pessoas que se movimentavam com mais desenvoltura. Como resultado, o corpo que chegou até nós tem pernas e braços longos, fortes e articulados para andar, correr, abaixar e levantar com eficiência.
A partir da segunda metade do século 20, no entanto, sucessivos avanços tecnológicos tornaram possível trabalhar sem sair da cadeira. Graças ao conforto moderno, passamos a usar o corpo de uma maneira para a qual ele não foi engendrado.
Ao mesmo tempo, novas técnicas de cultivo agrícola e armazenagem possibilitaram o acesso de grandes massas populacionais a alimentos de alta qualidade. As refeições da classe média de hoje são mais nutritivas do que as dos nobres medievais.
A ingestão diária de um número maior de calorias do que as exigidas para a manutenção do peso saudável de um corpo sedentário criou as condições para a explosão da epidemia de obesidade que assola o mundo. No Brasil, 52% dos adultos estão acima do peso.
Em estudo recente, pesquisadores consideraram o impacto direto no sistema de saúde causado por enfermidades nas quais a influência da vida sedentária é conhecida com mais detalhes.
A aplicação de métodos estatísticos permitiu chegar às seguintes conclusões, entre outras: contados os gastos dos sistemas de saúde e os anos perdidos de trabalho por morte precoce, a inatividade física custou para o mundo US$ 67,5 bilhões; quanto mais pobre o país, menor o suporte financeiro governamental e maior a despesa das famílias com o tratamento das doenças estudadas.
No Brasil, a faixa etária da população que mais cresce é a que está acima dos 60 anos, justamente a mais sedentária. É nessa fase da vida que incidem as doenças crônico-degenerativas mais comuns.
Qual de nossos antepassados poderia imaginar que o maior desafio da saúde pública no século 21 seria convencer a população a andar?
(Adaptado de: VARELLA, Dráuzio. Disponível em: drauziovarella.com.br)
... a competição conferiu vantagem de sobrevivência às pessoas que se movimentavam com mais desenvoltura.(1º parágrafo) Sem prejuízo para a correção, o segmento sublinhado acima pode ser substituído por:

  1. a
  2. b
  3. c
  4. d
  5. e
Código da questão
Q56430Ca
02

(FUNCAB - 2016 - EMSERH - Auxiliar Operacional ) - A palavra, a seguir, que expressa a mesma ideia da destacada em “MAS para que ela pudesse realizar o seu sonho, era preciso que ele se tornasse homem de carne e osso.” é:

  1. a
  2. b
  3. c
  4. d
  5. e
Código da questão
Q56226Ca
03

(CETAP - 2019 - Prefeitura de Maracanã) - 

PERSISTÊNCIA

Máxima latina antiga, sábia, “a gota escava a pedra". Se há algo absolutamente frágil rente a uma rocha é uma gota d’água. Não é à toa que circula o ditado 'água mole em pedra dura, tanto bate até que fura”. A persistência pode estar no campo positivo, isto é, a capacidade de ir adiante, de não desistir, mas também, no negativo: persistir em algo que está equivocado, persistirem algo que seja um desvio de rota.

A noção de persistência, quando colocada gota a gota, traz uma indicação muito séria da forma como a paciência deve entrar na persistência. Paciência não é lerdeza. E a capacidade de admitir a maturação e dar o tempo necessário aos nossos processos de conceber, de fazer, seja na nossa carreira, seja no nosso trabalho, seja na família, seja no atingimento de algum objetivo,

A máxima latina “a gota escava a pedra" é uma orientação da natureza para mostrar o valor da persistência quando ela é positiva, é capaz de ajudar a chegar ao lugar a que se deseja passo a passo.

Não de maneira lerda, não de maneira demorada, mas não desistindo, ou seja, não deixar de lado aquilo que necessita de fôlego, no estudo, na organização da vida, na certeza daquilo que se precisa conseguir.

(CORTELLA, Mário Sérgio. Pensar bem nos faz bem! Vozes p.99)

Analisa, com correção, a colocação do pronome “se" em: “(...) daquilo que se precisa conseguir.”:

  1. a
  2. b
  3. c
  4. d
Código da questão
Q56565Ca
04

(ACAPLAM - 2014 - Prefeitura de Macau - RN - Merendeira) - A questão refere-se ao texto seguinte:

Formas do nu

O homem é o animal

mais vestido e calçado.

Primeiro, a pano e feltro,

se isola do ar abraço.

Depois, a pedra e cal,

de paredes trajado,

se defende do abismo

horizontal do espaço.

Para evitar a terra

calça nos pés sapatos,

nos sapatos, tapetes,

e, nos tapetes, soalhos.

Calça as ruas: e, como

não pode todo o mato,

para andar nele estende

passadeiras de asfalto.

MELO NETO, João Cabral de. Antologia poética. Rio de Janeiro: Sabiá, 1964.

“[...] e, como / não pode todo o mato [...]” De acordo com o contexto, entende-se que o trecho citado teria sentido completo da seguinte forma:

  1. a
  2. b
  3. c
  4. d
  5. e
Código da questão
Q57695Ca
05

(IDECAN - 2014 - Agente Comunitário de Saúde) - Assinale a alternativa que apresenta um advérbio que exprime circunstância de tempo.

  1. a
  2. b
  3. c
  4. d
  5. e
Código da questão
Q57400Ca
06

(Campinápolis 2017 - MT - Agente Comunitário de Saúde) - Assinale a série em que todos os vocábulos devem receber acento gráfico:

  1. a
  2. b
  3. c
  4. d
Código da questão
Q56671Ca
07

(FUNDEP- 2020 - Prefeitura de Catas Altas - MG - Motorista) - 

  Fake news

Apesar de parecer recente, o termo fake news, ou notícia falsa, em português, é mais antigo do que aparenta. Segundo o dicionário Merriam-Webster, essa expressão é usada desde o final do século XIX. O termo é em inglês, mas se tornou popular em todo o mundo para denominar informações falsas que são publicadas, principalmente, em redes sociais.

O que significa fake news?

Não é de hoje que mentiras são divulgadas como verdades, mas foi com o advento das redes sociais que esse tipo de publicação popularizou-se. A imprensa internacional começou a usar com mais frequência o termo fake news durante a eleição de 2016 nos Estados Unidos, na qual Donald Trump tornou-se presidente. Fake news é um termo em inglês e é usado para referir-se a falsas informações divulgadas, principalmente, em redes sociais.

Na época em que Trump foi eleito, algumas empresas especializadas identificaram uma série de sites com conteúdo duvidoso. A maioria das notícias divulgadas por esses sites explorava conteúdos sensacionalistas, envolvendo, em alguns casos, personalidades importantes, como a adversária de Trump, Hillary Clinton.

Disponível em:<www.mundoeducacao.bol.uol.com.br/curiosidades/fake-news.htm> . Acesso em: 29 nov. 2019.

De acordo com o texto, é correto afirmar que as fake news

  1. a
  2. b
  3. c
  4. d
Código da questão
Q58663Ca
08

(FCC - 2020 - AL-AP - Auxiliar Legislativo - Auxiliar Operacional) - 

Retrato

Eu não tinha este rosto de hoje,
Assim calmo, assim triste, assim magro,
Nem estes olhos tão vazios,
Nem o lábio amargo.

Eu não tinha estas mãos sem força,
Tão paradas e frias e mortas;
Eu não tinha este coração
Que nem se mostra.

Eu não dei por esta mudança,
Tão simples, tão certa, tão fácil:
− Em que espelho ficou perdida
a minha face?

(Cecília Meirelles)
Considere as afirmações abaixo.

I. No poema, verifica-se um processo de mudança, decorrente da passagem do tempo.

II. O elemento sublinhado em Que nem se mostra (2ª estrofe) refere-se a “coração”.

III. Sem prejuízo para o sentido, o segmento sublinhado no verso Eu não dei por esta mudança (3ª estrofe) pode ser substituído por “ainda não assimilei”.

IV. A repetição do termo “assim” em Assim calmo, assim triste, assim magro (1ª estrofe) prediz uma consequência, expressa no verso seguinte.

Está correto o que consta APENAS em

  1. a
  2. b
  3. c
  4. d
  5. e
Código da questão
Q59027Ca
09
Não viajaremos no Réveillon, visto que a situação dos aeroportos está caótica. Na frase ao lado, há ideia de:
  1. a
  2. b
  3. c
  4. d
Código da questão
Q91Ca
10
Alfa fica ___ muitos anos-luz da terra.
Parece que não via você ___ mais de cem anos.

Assinale a alternativa que preenche respectivamente as lacunas das frases acima:
  1. a
  2. b
  3. c
  4. d
Código da questão
Q153Ca