Soldado da Polícia Militar

Prepare-se com questões de Soldado da Polícia Militar

01

(VUNESP - Cabo da Polícia Militar de São Paulo 2014) - Para a questão, considere o seguinte caso hipotético:

O Sd PM “Z”, triste com o fim de seu relacionamento conjugal, de serviço na Guarda do Quartel da APMBB, ingeriu uma garrafa de cachaça e, após assumir o seu turno de serviço, deitou sobre o chão da Guarita onde se encontrava escalado, afrouxando o cinto, tirando as botas e dormindo profundamente.

Considerando apenas a conduta descrita no caso hipotético, é correto afirmar que o Sd PM “Z”

  1. a
  2. b
  3. c
  4. d
Código da questão
Q58167Ca
02

(VUNESP - Cabo da Polícia Militar de São Paulo 2020) - Nos termos da Portaria do Cmt G CORREGPM-1/360/13, que regulamenta o Procedimento Disciplinar, é correto afirmar que a manifestação preliminar

  1. a
  2. b
  3. c
  4. d
Código da questão
Q58139Ca
03

(IBFC - 2018 - PM-PB - Soldado da Polícia Militar) - Leia o texto a seguir sobre algumas revoltas populares que ocorreram na Paraíba no século XIX.

A _______ ocorreu em 1874, ficou assim conhecida pela modificação que provocou no sistema de pesos e medidas, fato este que desencadeou uma grande revolução na Paraíba. A _______ ocorreu em cinco províncias do Nordeste. Os revoltosos eram contrários aos decretos imperiais que obrigava a população a fornecer dados pessoais, tais como: número de nascimentos e óbitos na família; filiação; estado civil; cor da pele. Na _______ os revoltosos eram os liberais adversativos dos conservadores (grandes latifundiários e comerciantes portugueses). A revolta se iniciou em Recife, os liberais exigiam: a divisão dos latifúndios; a liberdade de imprensa; o fim da oligarquia política.
Assinale a alternativa que preencha correta e respectivamente as lacunas do texto.

  1. a
  2. b
  3. c
  4. d
Código da questão
Q54983Ca
04

(IBFC - 2018 - PM-SE - Soldado da Polícia Militar) - Texto I

A Rua
(Fragmento)

EU AMO A RUA. Esse sentimento de natureza toda íntima não vos seria revelado por mim se não julgasse, e razões não tivesse para julgar, que este amor assim absoluto e assim exagerado é partilhado por todos vós. Nós somos irmãos, nós nos sentimos parecidos e iguais; nas cidades, nas aldeias, nos povoados, não porque soframos, com a dor e os desprazeres[...], mas porque nos une, nivela e agremia o amor da rua.
(...) a rua é um fator da vida das cidades, a rua tem alma! (...) a rua é a agasalhadora da miséria. Os desgraçados não se sentem de todo sem o auxílio dos deuses enquanto diante dos seus olhos uma rua abre para outra rua (...).
A rua nasce, como o homem, do soluço, do espasmo. Há suor humano na argamassa do seu calçamento. Cada casa que se ergue é feita do esforço exaustivo de muitos seres, e haveis de ter visto pedreiros e canteiros, ao erguer as pedras para as frontarias, cantarem, cobertos de suor, uma melopeia tão triste que pelo ar parece um arquejante soluço. A rua sente nos nervos essa miséria da criação, e por isso é a mais igualitária, a mais socialista, a mais niveladora das obras humanas. (...) A rua é a eterna imagem da ingenuidade. Comete crimes, desvaria à noite, treme com a febre dos delírios, para ela como para as crianças a aurora é sempre formosa, para ela não há o despertar triste, e quando o sol desponta e ela abre os olhos esquecida das próprias ações, é (...) tão modesta, tão lavada, tão risonha, que parece papaguear com o céu e com os anjos...
A rua faz as celebridades e as revoltas, a rua criou um tipo universal, tipo que vive em cada aspecto urbano, em cada detalhe, em cada praça, tipo diabólico que tem, dos gnomos e dos silfos das florestas, tipo proteiforme, feito de risos e de lágrimas, de patifarias e de crimes irresponsáveis, de abandono e de inédita filosofia, tipo esquisito e ambíguo com saltos de felino e risos de navalha, o prodígio de uma criança mais sabida e cética que os velhos de setenta invernos, mas cuja ingenuidade é perpétua, voz que dá o apelido fatal aos potentados e nunca teve preocupações, criatura que pede como se fosse natural pedir, aclama sem interesse, e pode rir, francamente, depois de ter conhecido todos os males da cidade, poeira d’oiro que se faz lama e torna a ser poeira – a rua criou o garoto!

RIO, João do. A alma encantadora das ruas. São Paulo: Companhia das Letras, 1997, pp. 28–31.

Vocabulário
Agremia: do verbo agremiar; juntar num mesmo grupo.
Canteiros: pedreiros responsáveis pelas construções com pedra.
Frontarias: fachada principal; frente.
Melopeia: melodia; canção melodiosa.
Silfos: seres mágicos do ar presente em mitologias europeias.
Proteiforme: que muda de forma frequentemente.
Potentados: majestades; maiorais; pessoas de grande poder.
No último parágrafo do texto, o autor emprega uma estratégia discursiva para a apresentação de uma ideia. Tal estratégia pode ser entendida como:

  1. a
  2. b
  3. c
  4. d
Código da questão
Q53368Ca
05

(IBFC - 2018 - PM-SE - Soldado da Polícia Militar) - Os pontos de coordenadas (-3, 2) e (1, 10) são elementos de uma função de primeiro grau. Então para que o ponto (x, 6) seja um elemento dessa função,o valor de x deve ser:

  1. a
  2. b
  3. c
  4. d
Código da questão
Q53378Ca
06

(UFPI - 2013 - Polícia Militar do Estado do Piauí - Soldado) - O crescimento populacional e o processo de urbanização acelerada no Brasil vêm contribuindo para um aumento cada vez maior do consumo de energia. Em 2012 e nos primeiros meses de 2013, vários blecautes em estados brasileiros levaram o governo a pensar medidas para resolver o problema do consumo de energia do país. Sobre este tema, analise as afirmativas a seguir.

1) O projeto para a construção da represa e usina de Belo Monte, no Rio Xingu, foi resultado de uma reivindicação dos povos indígenas da região para melhorar o abastecimento de água e energia em suas comunidades.

2) Como exemplo da precariedade no fornecimento de energia do país, pode-se citar o Estado de Roraima, que possui eletricidade importada da Venezuela.

3) A Renova Energia inaugurou em 2013 a operação de sua primeira usina solar, ampliando o horizonte de possibilidades de captação e distribuição de energia no Brasil.

Está(ão) correta(s), apenas:

  1. a
  2. b
  3. c
  4. d
  5. e
Código da questão
Q8362Ca
07

(VUNESP - soldado da Polícia Militar do Estado de São Paulo) - 

Leia o texto para responder à questão.

Stephen Hawking lança programa que vai buscar vida extraterrestre

O cientista britânico Stephen Hawking anunciou, nesta segunda-feira (20.07.2015), o início da maior busca de vida extraterrestre já realizada, com um projeto de 10 anos, que pretende escanear o espaço à procura de sinais de vida inteligente.

O projeto Breakthrough Listen, apoiado pelo empreendedor russo Yuri Milner, custará US$ 100 milhões e será a tentativa mais poderosa, completa e intensiva de encontrar sinais de vida extraterrestre no universo.

“Em um universo infinito, devem existir outros casos de vida. Pode ser que, em algum lugar do cosmos, talvez exista vida inteligente”, declarou Hawking.

(http://g1.globo.com. Adaptado)

O sentido de escanear, em destaque no primeiro parágrafo, compreende a ação de

  1. a
  2. b
  3. c
  4. d
Código da questão
Q57927Ca
08

(IBFC - 2017 - PM-BA - Soldado da Polícia Militar) - Assinale a alternativa correta sobre a condição de uma criança nascida no Brasil, enquanto seus pais estejam visitando o país como turistas, nos termos da Constituição da República Federativa do Brasil.

  1. a
  2. b
  3. c
  4. d
  5. e
Código da questão
Q53303Ca
09

(VUNESP - Soldado da Polícia Militar de São Paulo 2020) - Considere verdadeiras as seguintes afirmações:

I. Todos os tutores são professores.
II. Alguns coordenadores são professores.

A partir dessas afirmações, é correto afirmar que

  1. a
  2. b
  3. c
  4. d
Código da questão
Q58051Ca
10

(INCAB - 2019 - PM-SC - Soldado da Polícia Militar) - Acerca do inquérito policial, assinale a alternativa correta.

  1. a
  2. b
  3. c
  4. d
  5. e
Código da questão
Q55050Ca

Especial Auxílio Emergencial

Veja mais »