Concurso SED - MS 2018: Edital para carreira de Apoio; 500 VAGAS!

SED – MS (Secretaria da Educação do Mato Grosso do Sul) oferta 500 vagas para níveis fundamental e médio, com remunerações de até R$ 1.323,89.

A Secretaria da Educação do Estado do Mato Grosso do Sul (SED - MS), visando a renovação do seu quadro de Apoio Educacional, republicou com adequações e acréscimos o edital n° 01/2018 - SAD/SED/ADM. Assim como o edital aberto para o Magistério, este concurso SED - MS 2018 também será executado pela FUNRIO.

Vagas 

Há 500 vagas para candidatos de níveis fundamental e médio, sendo distribuídas para os seguintes cargos: Agente de Atividades Educacionais (Agente de Limpeza, Agente de Merenda) e Assistente de Atividades Educacionais.

A jornada de trabalho é de 40 horas semanais, com remunerações que variam entre R$ 1.067,65 e R$ 1.323,89.

Requisitos 

Para investir no cargo, o candidato deve obedecer alguns requisitos, tais como: ter sido aprovado no concurso; ser brasileiro nato ou naturalizado; estar quite com as obrigações militares (no caso de candidato do sexo masculino); estar quite com as obrigações eleitorais; possuir, na data da posse, a idade mínima de 18 anos completos; possuir nível de escolaridade compatível com a área de conhecimento/ componente curricular/ disciplina; estar em pleno gozo dos direitos civis e políticos; possuir plena aptidão física e mental para exercício do cargo e função, mediante inspeção médica realizada por junta médica oficial; ter domicílio eleitoral no Estado de Mato Grosso do Sul; não exercer cargo ou função pública e não acumular proventos de aposentadoria na administração pública federal, estadual, ou municipal e em qualquer dos poderes; entre outros.

Inscrição 

Os interessados em participar da seleção poderão efetuar as inscrições via internet, no período de 05 de outubro a 16 de novembro de 2018, no endereço eletrônico: www.funrio.org.br.

Será cobrada taxa de inscrição com valor de R$ 81,06 ou R$ 135,10 e os pedidos de isenção devem ser solicitados seguindo as regras do edital.

Provas 

De acordo com o edital republicado, o concurso SED MS 2018 para as carreiras de Apoio constará de fase única de prova escrita objetiva, de caráter eliminatório e classificatório. A aplicação dessa prova está prevista para ser aplicada no dia 06 de janeiro de 2019, com locais e horários a serem comunicados posteriormente, por meio de edital específico.

A avaliação terá duração de 04 horas, composta por questões de múltipla escolha de Língua Portuguesa, Matemática, Raciocínio Lógico, Noções de Informática e Conhecimentos Específicos. 

Validade 

O Concurso SED - MS terá validade de dois anos, a contar da publicação da homologação, havendo possibilidade de ser prorrogado uma única vez, pelo mesmo período.

Edital

Mais informações poderão ser obtidas por meio do edital e suas atualizações, as quais se encontram disponíveis na página da FUNRIO.  O edital foi originalmente públicado no Diário Oficial do Estado do Mato Grosso do Sul em 04 de outubro de 2018, porém, foi republicado na edição do dia seguinte.

Dicas para as provas da SED MS Apoio: Base Nacional Comum Curricular

A Base Nacional Comum Curricular ou BNCC é um instrumento normativo no qual são estabelecidas diretrizes para currículos escolares, seja no ensino público ou no ensino privado. 

A Base Comum Curricular (BNCC) foi recentemente finalizada, sendo que a construção da versão contou com a participação de professores de todo o país e de membros da sociedade civil.

A BNCC define o conjunto de habilidades, conhecimentos e competências que devem ser oferecidas para os alunos ao longo da sua permanência na educação básica (que inclui a educação infantil, o ensino fundamental e o ensino médio).

O uso da BNCC deve nortear a elaboração dos currículos e das propostas pedagógicas em todas as instituições de ensino básico brasileiras, conforme prevê a Lei nº 9.394 de 1996 (Lei de Diretrizes e Bases, LDB).

Cabe dizer que a BNCC não limita, nem tampouco tira a autonomia do professor em sala de aula. Seu objetivo é unificar o ensino do país, garantindo que todos tenham os mesmos direitos de aprendizagem e desenvolvam as mesmas habilidades.

Além disso, a BNCC foi construída de forma coletiva e todos os interessados puderam opinar, em um processo participativo, apesar das falhas relatadas por diversos professores.

A BNCC é norteada por princípios éticos e políticos que foram preliminarmente tragos pelas Diretrizes Curriculares Nacionais da Educação Básica, desta forma, visa à construção de uma sociedade/ formação justa e inclusiva.

No entanto, desde o inicio das discussões sobre a BNCC (que começaram em 2013) os cidadãos têm tido dúvidas acerca do documento, principalmente no diz respeito às mudanças que o mesmo traz.

O que muda com a BNCC?

Em primeiro momento é importante lembrar que a BNCC não se trata de um passo a passo que a escola deverá seguir. Como o próprio nome sugere, ela deve ser a base na elaboração do currículo escolar, respeitando também as peculiaridades locais.

Sendo assim, toda a equipe educadora deverá estudar o documento e adequar à cultura local, seguindo todas as diretrizes pré-estabelecidas e a partir de então, atualizar o currículo escolar (com o objetivo de alcançar as metas trazidas pela BNCC).

O principal objetivo do documento é que todas as crianças e adolescentes tenham o mesmo conteúdo e desenvolvam as mesmas habilidades ao mesmo tempo, independente da região ou da sua condição financeira. Reduzindo as grandes diferenças dos currículos escolares do Brasil.

De acordo com o referido documento, 60% do conteúdo definido no currículo escolar devem ser baseados nas diretrizes e metas por ele estabelecidas. Os demais (40%) é definido pela sociedade atingida (educadores, pais e alunos).

Esta autonomia na elaboração do currículo é de extrema importância, principalmente pelo fato de que o país possui enorme diversidade cultural e social.

Outro aspecto importante da BNCC é trazer o conteúdo que deve ser trabalhado nos anos iniciais (educação infantil e ensino fundamental), relevante para a educação brasileira que não contava com parâmetros concretos para estes períodos.

Em relação às habilidades (que é uma das principais novidades do documento), pode-se defini-las como aptidões que os alunos devem desenvolvem ao longo de sua permanência na escola.

Dentre as habilidades, estão: “valorizar e utilizar os conhecimentos historicamente construídos sobre os mundos físico, social e cultural para entender e explicar a realidade; exercitar a curiosidade intelectual; desenvolver o senso estético para valorizar e participar de diversas manifestações artísticas e culturais; utilizar tecnologias digitais de comunicação e informação de forma crítica; valorizar a diversidade de saberes e vivências culturais; exercitar a empatia, o diálogo, a resolução de conflitos e a cooperação”.

Além destas, há também as habilidades que são especificas de cada conteúdo curricular/ disciplinas (como por exemplo: português, matemática e etc).

Outras mudanças:

Outra mudança que são trazidas pelo documento:

  • As crianças devem ser alfabetizadas até o segundo ano do ensino fundamental;
  • O conteúdo da disciplina de história passa a ter ordem cronológica;
  • O ensino religioso não consta na BNCC, mas deve ser definida a partir de documentos instituídos pelas outras esferas de poder, estadual e municipal (podendo ser uma disciplina não obrigatória);
  • A língua inglesa deve ser obrigatória e deve também ser implementada a partir do sexto ano do ensino fundamental.

Por fim, em relação aos prazos, as escolas devem começar a discutir as mudanças no currículo seguindo a BNCC a partir de 2019, entretanto, o prazo para tornar de fato efetiva sua aplicação é para o inicio do ano de 2020. (redação: Letícia de Alcântara Moreira)

Saiba mais nas Apostilas para os cargos da área de Apoio da SED MS 2018 (todos os cargos)

Atribuições dos cargos

  • Assistente de Atividades Educacionais: Apoiar e auxiliar os trabalhos pedagógicos, visando facilitar o processo de interação com a comunidade escolar e associações a ela vinculadas; zelar pela organização e manutenção do ambiente escolar; Preparar o livro ponto dos professores e administrativos; Controlar a frequência dos professores e administrativos verificando a pontualidade, assinatura, falta e outras ocorrências; Atender o público interno e externo; Arquivar documentos dos alunos; Arquivar documentos dos professores e administrativos nas pastas funcionais; Manter atualizada a vida funcional dos servidores lotados na unidade escolar; Instruir processos de aposentadoria, adicional por tempo de serviço, licenças, remoção, lotação, coordenação pedagógica e outros; Instruir processos de convocação conforme orientação da SED; Instruir processos de férias; Instruir processos de exoneração ou vacância; Instruir processos de reposição de aulas; Manter atualizada as férias dos servidores obedecendo ao disposto no Capítulo III, Das Férias, da Lei n. 1.102, de 10/10/90; Digitar folha de pagamento; Efetuar registros escolares; Digitar notas dos alunos; Confeccionar boletim escolar; Confeccionar transferências; Efetuar matrícula dos alunos; Digitar a relação nominal dos alunos matriculados em cada ano (série); Redigir atas de resultados finais, declarações, históricos e outros documentos escolares; Redigir atas, comunicação interna, ofícios e outros documentos funcionais; Fazer levantamento de faltas dos alunos para controle do Programa Bolsa Família; Ler diariamente o e-mail e Diário Oficial; Imprimir ocorrências publicadas no Diário Oficial de servidores lotados na unidade escolar arquivando na pasta funcional; Atualizar dados funcionais dos servidores lotados na unidade escolar; Realizar levantamento de alunos que utilizam o transporte escolar; Fazer o Censo Educacional conforme as orientações recebidas da SED; Fazer o relatório da merenda escolar colhendo assinatura da Agente de Merenda e Direção; Enviar relatório da merenda escolar para a SED; Auxiliar a direção na prestação de contas da merenda escolar, PDDE, PDE e repasse financeiro; Receber os formulários de solicitação do passe estudante; Enviar os formulários do passe estudante para a AGETRAN; Controlar a quantidade de fotocópias utilizadas na unidade escolar; Organizar os canhotos de notas bimestrais; Controlar a data de entrega dos canhotos de notas conforme normas e prazo estipulado; Conferir os diários de classe verificando os dias lançados, o total de dias letivos, a frequência, as reposições e anotações; Elaborar relatórios; Controlar a entrada e saída de documentos e processos no sistema SPI e/ ou no caderno de protocolo; Controlar expedição e recebimento de malotes; Distribuir documentos recebidos na unidade escolar; Levantar a necessidade de material de expediente; Requisitar material de expediente; Controlar material de expediente; Localizar processos; Manter a planilha de lotação e de convocação atualizada semestralmente na pasta funcional; Solicitar semestralmente o exame médico admissional dos professores convocados; Zelar pela organização do ambiente escolar; Executar outras tarefas correlatas ao cargo conforme orientação da direção.
  • Agente de Limpeza: Apoiar e auxiliar os trabalhos pedagógicos, visando facilitar o processo de interação com a comunidade escolar e associações a ela vinculadas. Limpar as salas de aula e dependências da unidade escolar; Higienizar os banheiros lavando pias, vasos sanitários, azulejos e piso; Zelar pela limpeza de paredes, janelas, móveis e instalações em geral; Cuidar da higiene dos pátios internos e calçadas, varrendo, lavando quando necessário e recolhendo os resíduos em embalagem apropriada; Limpar mesas, carteiras e cadeiras passando pano úmido; Limpar armários; Recolher o lixo; Abastecer os banheiros com papel higiênico e papel toalha; Limpar as dependências administrativas; Encerar pisos; Varrer e lavar quando necessário a quadra de esportes; Manter os bebedouros limpos; Lavar as canecas dos bebedouros; Guardar no depósito, balde, vassoura, rodo, rastelo e panos de limpeza; Organizar o depósito de material de limpeza; Controlar o uso do material de limpeza; Manter os produtos de limpeza fora do alcance das crianças; Recolher os objetos esquecidos nas salas entregando-os a coordenação; Conservar o mobiliário e equipamentos; Comunicar a direção sobre os mobiliários e equipamentos danificados; Executar outras tarefas correlatas ao cargo de acordo com a orientação da direção.
  • Agente de Merenda: Apoiar e auxiliar os trabalhos pedagógicos, visando facilitar o processo de interação com a comunidade escolar e associações a ela vinculadas; Higienizar verduras, frutas, legumes e outros alimentos; Preparar a alimentação conforme cardápio recomendado pela equipe de Alimentação Escolar da SED; Armazenar adequadamente os produtos alimentícios de acordo com as normas de higiene; Organizar os alimentos e utensílios na dispensa; Servir a alimentação aos alunos; Recolher as cumbucas e talheres; Lavar as cumbucas e talheres; Guardar as cumbucas e talheres em local limpo; Lavar louças e utensílios da cozinha em geral; Elaborar receitas com os alimentos estipulados no cardápio; Preparar o cardápio mensal; Submeter o cardápio a aprovação da direção; Fixar o cardápio em local visível; Manter a geladeira e freezer limpos e com a temperatura correta; Congelar alimentos; Descongelar alimentos; Controlar a temperatura dos alimentos; Realizar faxina na cozinha, lavando azulejos, pias, fogão, geladeiras, freezer, piso e outros; Controlar o estoque de alimentos e outros produtos para garantir a previsão de consumo mensal; Adequar à quantidade de merenda a de alunos evitando desperdício; Conferir a quantidade e qualidade dos alimentos recebidos; Conferir data de validade dos produtos; Preparar o café; Lavar pano de prato secando e guardando em local apropriado; Executar outras tarefas correlatas ao cargo de acordo com a orientação da direção.

Compartilhe