Processo seletivo Bombeiros RS: 600 vagas para Guarda-Vidas

Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio Grande do Sul abre 600 vagas para Guarda-Vidas temporários para atuarem na temporada de verão 2020/2021.

Bombeiros RS: Guarda-Vidas lado a lado olhando para o mar

Vagas temporárias para Guarda-Vidas no estado do RS - Foto: Divulgação/Senado

O Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio Grande do Sul, por meio da Secretaria Estadual de Segurança Pública, divulgou dois editais visando o preenchimento de 600 vagas temporárias para Guarda-Vidas Civis. O processo seletivo Bombeiros RS vai preencher 200 vagas para novos integrantes e 400 vagas para profissionais já capacitados em Operação Verão anterior.

Os Guarda-Vidas Civis irão atuar durante os meses de novembro de 2020 a abril de 2021, podendo esse prazo ser reduzido, conforme necessidade do CBMRS.

Uma das principais etapas do processo seletivo será o teste físico. Confira nossas dicas para se preparar para a prova.

Processo seletivo Bombeiros RS (Guarda-Vidas): vagas em disputa

Um dos editais anunciados preencherá 200 vagas para capacitação, sendo 150 para águas de mar e 50 para águas internas.

O outro edital contemplará 400 vagas, que se destinam aos Guarda-Vidas já capacitados em edições anteriores da Operação Verão.

O que faz um Guarda-Vidas Civil Temporário?

São os profissionais responsáveis pela atividade de salvamento aquático, sempre supervisionados e sob comando dos bombeiros militares.

Pelo cumprimento de suas atividades, o Guarda-Vidas receberá um total de R$ 4.000,00, sendo R$ 2.000,00 referente ao vencimento básico, com acréscimo de 100% a título de risco de vida.

Além disso, será concedido 30 vales-refeição e auxílio-transporte.

Requisitos para concorrer às vagas

Para se inscrever, o candidato deverá cumprir os seguintes requisitos:

  • Ser brasileiro;
  • Ter no mínimo 18 anos e no máximo 55 anos de idade, no momento da inscrição;
  • Não ter sofrido condenação criminal com pena privativa de liberdade;
  • Ter concluído o ensino fundamental;
  • Estar em dia com as obrigações eleitorais e militares, se for o caso;
  • Não ter sido desligado em edições anteriores por motivo disciplinar;
  • Apenas para os já capacitados: ter concluído o curso de capacitação e atuado na Operação Verão 2018/2019 e/ou 2019/2020.

Locais de atuação

Os profissionais serão contratados para atuarem nos seguintes locais de salvamento aquático:

Águas abertas

Águas internas abrigadas

  • Porto Alegre;
  • Nova Palma;
  • Toropi;
  • Tapes;
  • Candiota;
  • Taquara;
  • Restinga Seca;
  • São Pedro do Sul;
  • Barra do Ribeiro;
  • Dom Pedrito;
  • Triunfo;
  • Santa Maria;
  • Cachoeira do Sul;
  • Cristal;
  • Rosário do Sul;
  • Montenegro;
  • Jaguari;
  • Rio Pardo;
  • Vale Verde;
  • São Jerônimo;
  • Cacequi;
  • Pelotas;
  • São Francisco de Assis;
  • Serafina Corrêa;
  • Pinhal;
  • Santana do Livramento;
  • São Lourenço;
  • São Vicente do Sul;
  • General Câmara;
  • Cidreira;
  • Manoel Viana;
  • Santa Vitória;
  • Lavras do Sul;
  • Viamão;
  • Santo Antônio da Patrulha;
  • Itaqui;
  • Arroio Grande;
  • Mata;
  • Arambaré;
  • Osório;
  • Cruz Alta.

Inscrições

As inscrições para o processo seletivo Bombeiros RS serão realizadas entre os dias 17 e 31 de outubro de 2020, pelo site do CBMRS.

Etapas do processo seletivo Bombeiros RS

O processo seletivo para Guarda-Vidas será composto por quatro etapas:

  • Exame de saúde e mental, de caráter eliminatório;
  • Exame de aptidão física, de caráter eliminatório e classificatório;
  • Sindicância de vida pregressa, de caráter eliminatório;
  • Capacitação técnica ou recertificação técnica, de caráter eliminatório e classificatório.

Acompanhe a matéria para saber os detalhes sobre cada uma das fases do processo seletivo!

Exame de saúde e mental

Etapa na qual serão avaliados critérios de peso, altura, pressão arterial, frequência cardíaca, além da realização do exame clínico.

Para ser aprovado nessa etapa, entre outros requisitos previsto em edital, o candidato deverá:

  • Não possuir doenças que incapacite para o serviço do Corpo de Bombeiros Militar;
  • Possuir altura mínima de 1,60m para as candidatas do sexo feminino e 1,65m para os candidatos do sexo masculino;
  • Possuir IMC entre 18,5 e 29,9 (quem estiver fora desse limite será avaliado individualmente, conforme critério da Junta Médica);
  • Não possuir tatuagens que representam ideologias criminosas, ilegais, terroristas, entre outros;

Exame de aptidão física

Etapa na qual serão avaliadas as condições físicas dos candidatos. Para tanto, os candidatos irão realizar um duatlon, conforme especificado a seguir:

  • Corrida: o candidato deverá correr 50 metros em linha reta carregando um flutuador de salvamento. O tempo máximo para cumprimento dessa etapa é de 15 segundos;
  • Natação: será necessário nadar 200 metros, ininterruptamente, sem tocar os pés no chão e sem equipamentos que facilitem o nado (como roupas de neoprene, nadadeira, touca ou óculos). O tempo máximo será de 5 minutos e o nado será no estilo crawl ou similar, podendo ser realizado em águas de rio ou lagoa.

Sindicância de vida pregressa

Os candidatos que forem aprovados na etapa de habilitação física deverão apresentar os documentos listados no edital.

Capacitação técnica para novos integrantes

A Capacitação Técnica de Guarda-vidas Civis Temporários (CT-GVCT) terá duração de 200 horas-aula, sendo que deste total, 80 horas-aula serão de Estágio Supervisionado. Serão aprovados nesta fase, os candidatos que obtiverem média final igual ou superior a 7 pontos.

Durante a realização da capacitação técnica, o candidato terá direito, a título de remuneração, ao valor mensal de R$ 2.000,00, pagos proporcionalmente aos dias de curso.

Recertificação técnica

A recertificação técnica terá duração de 50 horas-aula, na qual os candidatos serão submetidos à prova de suficiência física e técnica, além da prova de conhecimentos teóricos específicos.

Os candidatos com média final igual ou superior a 7 pontos serão aprovados nessa etapa.

Durante a realização da recertificação técnica, o candidato terá direito, a título de remuneração, ao valor mensal de R$ 2.000,00, pagos proporcionalmente aos dias de curso.

Critérios de desempate

Em caso de empate na nota final obtida por dois ou mais candidatos, serão adotados os seguintes critérios, nesta ordem:

  1. Maior número de participações na Operação Verão, de forma ininterrupta, considerando a Operação do ano anterior;
  2. Maior índice técnico na capacitação;
  3. Maior escolaridade;
  4. Maior idade.

Confira os editais!

Os editais do processo seletivo Bombeiros RS estão publicados na edição de 16 de outubro de 2020 do Diário Oficial do Rio Grande do Sul (DOE - RS). Leia os editais na íntegra pelos links abaixo:

Compartilhe

Concursos por E-mail
Assine nosso boletim para receber Concursos Rio Grande do Sul diretamente no seu e-mail
Concursos RelacionadosVagas
Câmara de Nova Esperança do Sul1
Companhia Carris Porto-Alegrense
Todos os níveis de escolaridade
241
CRECI RS
Níveis Médio e Superior
32
FHGV - Fundação Hospitalar Getúlio Vargas
Todos os níveis de escolaridade
134
FHGV - RS
Todos os níveis de escolaridade
117
Prefeitura de Nova Esperança do Sul
Todos os níveis de escolaridade
21
Prefeitura de Rio Grande4
Prefeitura de Sapiranga46
Prefeitura de Vale do Sol
Todos os níveis de escolaridade
31
Veja todos » Concursos Abertos