Past Perfect: regras, dicas, como usar e exemplos

Past Perfect: tempo verbal em inglês usado para expressar um evento anterior ao passado recente. Veja as regras, dicas e exemplos para fixação.

Past Perfect: regras, dicas, como usar e exemplos

Saiba mais sobre este tempo verbal em inglês - Foto: Concursos no Brasil

Quando falamos do tempo verbal do Past Perfect ou Past Perfect Simple (Passado Perfeito ou Passado Perfeito Simples) na língua inglesa, estamos tratando de um evento anterior ao passado recente.

Portanto, este tempo verbal será usado para falar de um determinado evento que aconteceu no passado (Past Perfect) que é anterior a outro evento que também aconteceu no passado (Simple Past).

Na língua portuguesa, o seu equivalente poderia ser o pretérito-mais-que-perfeito, que nada mais é que o passado do passado. E expressamos esta ideia por meio de sentenças como “tinha/havia feito”, por exemplo.

Para a construção das sentenças no Past Perfect recorrentemente são usados advérbios, como:

  • when (quando)
    They had washed the dishes when I arrived at home.
    (Eles já tinham lavado as louças quando eu cheguei em casa.)
  • just (acabado de; há pouco)
    He had just parked when the movie started.
    (Ele tinha acabado de estacionar quando o filme começou.)
  • already (já)
    We had already watched that series before you recommended it.
    (Já havíamos assistido aquela série antes de você tê-la recomendado.)
  • by the time (no momento)
    Henry had just left by the time I arrived.
    (Henry tinha acabado de sair quando eu cheguei.)
  • ever (já; alguma vez)
    He asked me if I had ever been to Turkey.
    (Ele me perguntou se eu já tinha estado na Turquia.)
  • never (nunca)
    You had never eaten cheese bread before you went to Brazil.
    (Você nunca havia comido pão de queijo antes de ter ido ao Brasil.)
  • before (antes)
    They did not come with us because they had visited this museum before
    (Eles não vieram conosco porque tinham visitado este museu antes.)
  • after (depois)
    I brushed my teeth after I had eaten the last piece of the lemon pie.
    (Eu escovei os dentes depois de ter comido o ultimo pedaço da torta de limão.)

Como formar o Past Perfect

O Past Perfect, assim como os outros tempos verbais, apresenta uma estrutura de formação para as sentenças afirmativas, negativas e interrogativas. Cada uma com uma estrutura própria, como poderemos observar nos trechos a seguir.

Past Perfect na forma afirmativa

A forma afirmativa é construída pelo verbo to have (ter) no Simple Past, portanto had, no papel de verbo auxiliar, acompanhado de outro verbo no Past Participle que conhecemos como particípio (- ado e - ido), exercendo a função de verbo principal. Ou simplesmente:

Sujeito + verbo auxiliar “had” + verbo principal no Past Participle + complement.

Exemplos:

  • The robbers had already run away by the time the police arrived.
    (Os ladrões já haviam fugido quando a polícia chegou.)
  • I'dread the book before I watched the movie.
    (Eu tinha lido o livro antes de assistir ao filme.)
  • She went to Colombia after she hadvisited Buenos Aires.
    (Ela foi para a Colômbia depois de ter visitado Buenos Aires.)

Note que podemos usar a forma contraída do verbo auxiliar had quando formamos o Past Perfect, que se transforma em " 'd".

Agora, para a formação do Past Participle precisamos observar duas circunstâncias, dado que podemos trabalhar com verbos regulares ou com verbos irregulares e as regras de conjugação deles diferem.

No caso dos verbos regulares, existe uma constância e regularidade no modelo de conjugação para a formação do particípio passado. Elas são formadas por meio do acréscimo das terminações – d, – ed ou – ied. Aprenda as regras no quadro a seguir:

Para os verbos terminados em

– e, acrescenta-se somente o –d

no final do verbo:

  • to arrive (chegar) – arrived
  • to like (gostar) – liked
  • to live (viver) – lived

No caso dos verbos regulares terminados em consoante + vogal + consoante (CVC), duplica-se a última consoante e
acrescenta-se o –ed:

  • to control (controlar) – controlled
  • to prefer (prefer) – preferred
  • to stop (parar) – stopped

Verbos terminados em –y 

precedidos de consoante, retira-se o y e acrescenta-se o –ied:

  • to cry (chorar) – cried
  • to study (estudar) – studied
  • to try (tentar) – tried

Para os verbos terminados em
–y precedido de vogal,

acrescenta-se apenas o –ed:

  • to enjoy (aproveitar) – enjoyed
  • to play (brincar; jogar) – played
  • to stay (ficar) – stayed

No caso dos verbos irregulares, não existe uma fórmula ou regra para deduzir ou determinar a conjugação do particípio passado.

Então é recomendado a prática de atividades e leitura para se habituar ao uso e a forma escrita de cada uma, disponibilizamos uma tabela com alguns verbos para consulta, observe:

INFINITIVO

PARTICÍPIO PASSADO

TRADUÇÃO

to awake

awoken

acordar, despertar

to be

been

ser, estar, ficar

to bear

borne

suportar, aguentar

to begin

begun

começar, iniciar

to bet

bet

apostar

to blow

blown

soprar, assobiar, fazer soar

to break

broken

quebrar, romper, violar

to bring

brought

trazer, servir, causar, executar, induzir

to build

built

construir, edificar, fabricar

to burn

burnt

queimar, incendiar, carbonizar

to buy

bought

comprar

to catch

caught

pegar, capturar, entender, adquirir

to choose

chosen

escolher, selecionar, preferir

to come

come

vir, chegar

to cost

cost

custar

to cut

cut

cortar, partir, reduzir, recortar, castrar

to dig

dug

cavar, escavar

to do

done

fazer

to drink

drunk

beber

to drive

driven

dirigir, guiar

to eat

eaten

comer

to fall

fallen

cair, desaguar, abater-se, decrescer, diminuir

to feel

felt

sentir, notar

to find

found

achar, encontrar

to fly

flown

voar

to forget

forgotten

esquecer(-se)

to forgive

forgiven

perdoar

to get

got

obter, conseguir

to give

given

dar

to go

gone

ir

to have

had

ter, possuir

to hear

heard

ouvir, escutar, ter notícias

to hold

held

segurar, agarrar

to hurt

hurt

ferir(-se), machucar

to keep

kept

manter, conservar, preservar

to know

known

saber, conhecer

to lay

laid

pôr, colocar, derrubar, deitar(-se)

to learn

learnt

aprender, ficar sabendo

to leave

left

partir, deixar, sair

to let

let

permitir, deixar

to lose

lost

perder

to make

made

fazer, criar, elaborar

to mean

meant

significar, querer dizer

to meet

met

encontrar(-se), reunir(-se)

to pay

paid

pagar

to put

put

pôr, colocar

to read

read

ler, interpretar

to ride

ridden

cavalgar, andar de bibicleta ou carro

to run

run

correr, apressar-se

to saw

sawn

serrar

to say

said

dizer, afirmar, declarar

to see

seen

ver, perceber

to sell

sold

vender

to send

sent

enviar, mandar

to show

shown

mostrar, apresentar

to sing

sung

cantar

to sit

sat

sentar(-se)

to sleep

slept

dormir

to speak

spoken

falar

to spend

spent

gastar (dinheiro), passar (tempo)

to stand

stood

ficar ou pôr-se de pé

to swim

swum

nadar

to take

taken

tomar, pegar, levar

to teach

taught

ensinar

to tell

told

dizer, contar

to think

thought

pensar, achar

to understand

understood

entender, compreender

to wake

woken

acordar

to wear

worn

vestir, usar, trajar

to write

written

escrever, anotar

Past Perfect na forma negativa

Na formação das sentenças negativas do Past Perfect, basta acrescentar o advérbio not depois do verbo auxiliar had. Assim, temos a seguinte estrutura:

Sujeito + verbo auxiliar had + NOT + verbo principal no Past Participle + complemento.

Observe nos exemplos:

  • Bart checked his bag again to see if he had not forgotten anything.
    (Bart conferiu sua mala de novo para ver se não tinha se esquecido de nada.)
  • Jada hadn’t seen to Will in months by the time he called her.
    (Jada não havia visto Will há meses quando ele ligou para ela.)
  • The children had not taken a shower yet when their parents arrived. 
    (As crianças ainda não haviam tomado banho quando seus pais chegaram.)

OBS.: a forma negativa do Past Perfect permite a forma escrita contraída: had + not = hadn't.

Past Perfect na forma interrogativa

Para as perguntas, isso vale para todos os tempos verbais da língua inglesa, basta trocarmos a posição do verbo auxiliar com o sujeito para temos a seguinte estrutura básica:

Verbo auxiliar had + sujeito + verbo principal no past participle + complemento?

Observe os exemplos:

  • Had you ever seen him before your date yesterday? 
    (Você já tinha visto ele antes do encontro de ontem?)
  • Had she already known the news when she came to the hospital? 
    (Ela já sabia das notícias quando ela chegou no hospital?)
  • Had they already broken into you house by the time you arrived?
    (Eles já haviam entrado na casa quando vocês chegaram?)

Essa ordem sofre alterações somente quando acrescentamos as chamadas Question Words (What, Who, Where, How, Why etc.), elas são usadas quando se quer saber alguma informação específica.

Na ocasião em que são usadas, elas tomam a primeira posição na ordem da sentença, elas aparecem antes do verbo. Entenda:

  • Who had he seen last week? 
    (Quem ele havia visto semana passada?)
  • Where had you gone?
    (Onde você havia ido?)
  • Why had they eaten so early?
    (Por que eles haviam comido tão cedo?)

Past Perfect x Present Perfect: qual a diferença?

Apesar de possuírem nomes parecidos, não podemos confundir o Present Perfect com o Past Perfect, dado que tratam de tempos diferentes. A primeira diferença básica entre estes dois tempos verbais está na duração e repercussão das ações as quais eles se referem.

Enquanto o Present Perfect trata de ações que começaram no passado que repercutem ou se relacionam com o presente, o Past Perfect trata de duas ações acontecidas no passado e foram terminadas no momento passado no qual ocorreram.

Observe essas diferenças com os exemplos:

  • Juniper has just finished her homework.
    (Juniper acabou de terminar sua lição de casa.)

Neste caso, o uso do Present Perfect, acompanhado do advérbio just, indica que algo acabou de acontecer naquele mesmo instante, por esta razão que ela tem a relação com o presente

  • Juniper had just finished her homework by the time the series started.
    (Juniper tinha acabado de terminar sua lição de casa quando a série começou.)

O uso do Past Perfect neste exemplo indica duas ações que aconteceram e foram concluídas num momento passado.

Ambos tempos verbais utilizam o Past Participle (particípio passado), mas é possível diferenciá-los por meio da conjugação do verbo auxiliar to have. No Present Perfect, o verbo é conjugado no Simple Present, ao passo que no Past Perfect ele será usado na forma do Simple Past. Veja:

  • You have watched the new 'Avengers' movie with you friends.
    (Você já assistiu o novo filme dos Vingadores com seus amigos.)
    Present Perfect

  • You had already watched the new Avengers movie before it premiered.
    (Você já tinha assistido o novo filme dos Vingadores antes dele ser estreado.)
    Past Perfect

  • It has rained since lunch hour.
    (Tem chovido desde a hora do almoço.)
    Present Perfect

  • She had walked in the rain until she found shelter.
    (Ela havia caminhado na chuva até encontrar abrigo.)
    Past Perfect

Past Perfect Simple x Past Perfect Continuous

O Past Perfect Tense possui duas formas de expressar ações passadas: o Simple e o Continuous. Então, se ambas tratam de eventos passados, como discernir e saber aplicar cada uma delas?

A primeira diferença está na estrutura da conjugação verbal. O Simple Tense usa o verbo to have no Simple Past acompanhado do Past Participle (particípio passado).

Ao passo que o Continuous Tense é construído com o verbo to have no Simple Past acompanhado do Past Participle do verbo to be, mais um verbo no Gerund (gerúndio). Observe essas estruturas nos exemplos:

  • We had waited for you. (Nós esperamos vocês.) – Simple Tense
  • We had been waiting for you. (Nós estávamos esperando vocês.) – Continuous Tense

Outro ponto é que o Past Perfect Simple (PPS) com verbos de ação enfatiza a conclusão de um evento. Enquanto o Past Perfect Continuous (PPC) é usado para mostrar que um evento ou ação no passado ainda está em progresso no presente. Observe:

  • I had waited an hour for the bus.
    (Eu esperei uma hora pelo ônibus)

Ação concluída, não há mais espera – PPS

  • I had been waiting an hour for the bus.
    (Eu tenho esperado uma hora pelo ônibus)

Ação em progresso, a pessoa ainda está a esperar – PPC

O PPS é usado para fazer referência a conclusão de uma atividade e o PPC foca na atividade e na duração dela. Compare:

  • The robbers had stolen the bank.
    (Os ladrões tinham roubado o banco.) – PPS
  • The robbers had been stealing the bank weekly.
    (Os ladrões estavam roubando o banco semanalmente.) – PPC

Além disso, o PPS sugere uma ação mais permanente que o PPC, que infere que algo é temporário. Veja:

  • John had always lived with his grandparents.
    (John sempre morou com seus avós.)
    Não sabemos por quanto tempo – PPS
  • John had been living with his grandparents.
    (John tem morado com seus avós.)
    Sugere uma situação temporária – PPC

Por fim, alguns verbos não são frequentemente usados na forma contínua, que conhecemos por gerúndio. Por exemplo, não é possível usar gerúndio com verbos de pensamento abstrato (to know, to like, to understand...) e verbos de sensação (to hear, to smell, to taste). Veja:

  • They had known for a long time that the company was going to close.
    (Já fazia um tempo que eles sabiam que a companhia iria fechar.)
  • I’d tasted the milk and had decided it was bad, so we threw it away.
    (I provei o leite e percebi que estava vencido, então joguei-o fora.)

Não seria possível usar o verbo to know ou to taste no gerúndio, pois dessa forma o sentido desses verbos varia.

Compartilhe

Especial Concurso BB

Veja mais »