Aplicativo do Bolsa Família: como usar e quais são as funcionalidades

Por meio do aplicativo do Bolsa Família, os beneficiários podem acessar informações do programa sem ter que sair de casa. Veja mais.

O Ministério da Cidadania desenvolveu, juntamente com a Caixa Econômica Federal, o aplicativo do Bolsa Família. A plataforma digital está disponível para sistemas Android e iOS e permite que os beneficiários acompanhem o calendário de pagamentos do programa. Por meio do app também é possível descobrir qual é a agência da Caixa mais próxima de você para fazer o saque em dinheiro.

Além disso, com o aplicativo do Bolsa Família você também pode:

  • Ver todas as informações do Governo Federal sobre o BF;
  • Checar os saques já realizados
  • Verificar qual é a situação do seu benefício;
  • Conferir as últimas parcelas depositadas.

Dessa forma, os inscritos no programa social não precisam se deslocar até uma agência bancária para conseguir seu extrato.

Segundo Caroline Paranayba, diretora de Benefícios da Secretaria Nacional de Renda de Cidadania (Senarc), o aplicativo do Bolsa Família facilita a vida dos cidadãos que recebem a ajuda de custo. “Para o público que possui acesso ao app, nós transmitimos informações que diminuem o desgaste, por exemplo, de ir até um canal de pagamento fora da data estipulada pelo calendário”, afirmou.

Saiba como instalar o aplicativo do Bolsa Família

Para instalar o aplicativo do Bolsa Família:

  1. Abra a loja de aplicativos do seu aparelho (PlayStore para Android e AppStore para celulares da Apple);
  2. Procure por Bolsa Família Caixa;
  3. Selecione o ícone amarelo do programa e clique em “instalar”;
  4. Abra o app e faça seu cadastro com CPF, nome completo, data de nascimento e e-mail;
  5. Crie uma senha que será usada para acessar o aplicativo do Bolsa Família;
  6. Você irá receber um e-mail de confirmação, clique no link azul e depois em “Confirmar”;
  7. Volte ao app, insira CPF e senha para acessar as informações do benefício.

“Entre oito e nove milhões de pessoas que fizeram o download podem receber essas informações de maneira mais prática, a partir do aplicativo, sem ter que se deslocar a um canal da Caixa ou até o CRAS”, afirmou Caroline Paranayba. A plataforma é simples e permite que seus usuários não se desloquem até os Centros de Referência de Assistência Social (CRAS) em busca de informações.

Quem tem direito às parcelas?

Para receber o Bolsa Família, é preciso estar inscrito no CadÚnico do Governo Federal e ser membro de:

  • Família em situação de extrema pobreza, com renda mensal de até R$ 89 por pessoa;
  • Família em situação de pobreza, com renda mensal por pessoa entre R$ 89,01 e R$ 178. É necessário que o núcleo familiar tenha gestante e/ou criança ou adolescente de 0 a 17 anos.

Os pagamentos são realizados nos últimos dez dias úteis do mês por meio do aplicativo Caixa Tem. O valor médio da parcela é de R$ 189, sendo depositado para cerca de R$ 14 milhões de famílias brasileiras.

Isadora Tristão
Redatora
Nascida na cidade de Goiânia e formada em Jornalismo pela Universidade Federal de Goiás, hoje, é redatora no site "Concursos no Brasil". Anteriormente, fez parte da criação de uma revista voltada para o público feminino, a Revista Trendy, onde trabalhou como repórter e gestora de mídias digitais por dois anos. Também já escreveu para os sites “Conhecimento Científico” e “KoreaIN”. Em 2018 publicou seu livro-reportagem intitulado “Césio 137: os tons de um acidente”, sobre o acidente radiológico que aconteceu na capital goiana no final da década de 1980.

Compartilhe

Especial Concurso BB

Veja mais »