Concurso PRF é retomado e sai resultado das provas

Concurso PRF é retomado. Decisão do Desembargador do TRF - 5ª região foi comemorada pelo diretor-geral da PRF.

Excelente notícia para quem realizou o concurso PRF (Polícia Rodoviária Federal). Após ter sido suspenso, o concurso que prevê a abertura de 500 vagas foi novamente retomado. Veja os detalhes oficiai e o resultado das provas no DOU - Diário Oficial da União de 01 de março de 2019.

A própria Agência PRF já havia dado a informação da continuidade do concurso, mesmo antes do edital ser publicado no DOU. Além disso, em uma rede social, o diretor-geral da PRF, Adriano Furtado, disse: “Estou muito satisfeito por saber e poder informar a todos que o concurso para o cargo de Policial Rodoviário Federal foi retomado. Sempre bom dar boas notícias. Bom para a instituição, bom para você, bom para o Brasil. Grande abraço!”

A suspensão

Em 20 de fevereiro de 2019, a PRF publicou o edital nº 6 que suspendia temporariamente o concurso da PRF, em decorrência do cumprimento de decisão referente à ação popular nº 0819751-78.2018.4.05.8100, tramitada na 2ª Vara Federal da Seção Judiciária do Ceará.

De acordo com essa ação popular, o concurso feria o princípio constitucional da isonomia, uma vez que, de acordo com o edital, as provas deveriam ser aplicadas apenas nos estados com vagas em aberto.

Porém, o Desembargador do Tribunal Regional Federal da 5ª Região não entendeu assim e determinou a retomada do concurso, de forma imediata.

Agora o órgão aguarda orientação da Advocacia Geral da União para continuar com as próximas etapas do concurso. As provas objetivas e discursivas foram realizadas em 03 de fevereiro de 2019. Os resultados deverão ser publicados em breve pela CEBRASPE / CESPE.

O concurso PRF

O concurso PRF visa preencher 500 vagas em diversos estados do Brasil, mas não todos, o que acabou ocasionando a sua suspensão temporária. No total foram 129.152 candidatos inscritos.

Os estados com o maior número de inscrições foram o Pará com 12.700 candidatos inscritos, Goiás com 12.605 candidatos inscritos, Rio Grande do Sul com 11.559 candidatos inscritos, Bahia com 11.328 candidatos inscritos e Mato Grosso, com 11.194 candidatos inscritos.

As vagas foram para Policial Rodoviário Federal, Padrão I da Terceira Classe. As oportunidades são para diversos Estados (veja lista no edital) e a organização está por conta do Cebraspe.

O órgão já havia corrigido informações relativas à distribuição das vagas para cada Estado. Assim, as lotações provenientes deste concurso PRF serão para suprir as carências nos seguintes Estados: Acre, Amazonas, Amapá, Bahia, Goiás, Maranhão, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Pará, Piauí, Rio de Janeiro, Rondônia, Roraima, Rio Grande do Sul, São Paulo e Tocantins.

Também foram alterados os itens 6.2.1.1 e 10.6.1 do edital, que dizem respeito aos número de convocações para o procedimento de heteroidentificação e o número de correções para prova discursiva.

Vagas, atribuições e subsídio

São 500 vagas distribuídas em todo o Brasil, sendo 367 vagas de ampla concorrência, 100 vagas para candidatos negros e 33 vagas para candidatos com deficiência.

O Policial Rodoviário é responsável por realizar atividades de natureza policial envolvendo fiscalização, patrulhamento e policiamento ostensivo, atendimento e socorro às vítimas de acidentes rodoviários e demais atribuições relacionadas com a área operacional da Polícia Rodoviária Federal.

O subsídio inicial da carreira é de R$ 9.473,57 mensais, para cumprimento de 40 horas semanais.

concurso prf

Requisitos do cargo

Para concorrer ao cargo de Policial Rodoviário Federal é necessário possuir graduação de nível superior em qualquer área de formação e CNH na categoria B.

Além dessas exigências, há as seguintes: ser aprovado em todas as fases; ter nacionalidade brasileira ou portuguesa (amparado pela legislação federal); estar em gozo dos direitos políticos; estar quite com as obrigações militares para os candidatos do sexo masculino; estar quite com as obrigações eleitorais; idade mínima de 18 anos; aptidão física e mental.

Provas

De acordo com o Método Cespe, o concurso PRF será composto pelas seguintes fases:

  • Prova objetiva, de caráter eliminatório e classificatório;
  • Prova discursiva, de caráter eliminatório e classificatório;
  • Exame de capacidade física, de caráter eliminatório;
  • Avaliação de saúde, de caráter eliminatório;
  • Avaliação psicológica, de caráter eliminatório;
  • Avaliação de títulos, de caráter classificatório;
  • Investigação social, de caráter eliminatório;
  • Curso de formação profissional (CFP).

As provas objetivas e discursivas serão realizadas na data provável de 03 de fevereiro de 2019, no turno da tarde e terão duração máxima de 4 horas e 30 minutos. Os gabaritos oficiais preliminares sairão a partir das 19 horas do dia seguinte ao da aplicação.

A prova objetiva será composta por 120 questões e valerá 120 pontos. O candidato deverá marcar CERTO ou ERRADO para cada questão. As questões serão divididas em três blocos e o candidato receberá um ponto positivo para cada resposta correta, um ponto negativo para cada resposta incorreta e zero ponto para as questões sem marcação ou com marcação dupla.

  • Bloco I: Língua Portuguesa, Raciocínio Lógico-matemático, Informática, Noções de Física, Ética no Serviço Público, Geopolítica Brasileira e História da PRF;
  • Bloco II: Legislação de Trânsito;
  • Bloco III: Noções de Direito Administrativo, Noções de Direito Constitucional, Noções de Direito Penal e de Direito Processual Penal, Legislação Especial e Direitos Humanos e Cidadania.

Será reprovado na prova objetiva o candidato que:

  • Obtiver nota inferior a 10 pontos no bloco I da prova objetiva;
  • Obtiver nota inferior a 12 pontos no bloco II da prova objetiva;
  • Obtiver nota inferior a 6 pontos no bloco III da prova objetiva;
  • Obtiver nota inferior a 48 pontos no conjunto dos três blocos da prova objetiva.

A prova discursiva valerá 20 pontos e será composta por uma redação de texto dissertativo de até 30 linhas. Nesta etapa serão avaliados os seguintes quesitos:

  • Apresentação;
  • Estruturas textuais;
  • Desenvolvimento do tema;
  • Domínio da modalidade escrita: grafia, morfossintaxe, propriedade vocabular e pontuação.

Os candidatos que obtiverem a nota mínima de 10 pontos na prova discursiva estarão aprovados e serão convocados para realizar o exame de capacidade física. Este exame será composto pelas seguintes etapas:

  1. Teste de flexão em barra fixa;
  2. Teste de impulsão horizontal;
  3. Teste de flexão abdominal;
  4. Teste de corrida de 12 minutos.

A prova de títulos valerá até 5 pontos. O Curso de Formação Profissional ocorrerá, preferencialmente, na Academia Nacional da Polícia Rodoviária Federal (ANPRF) - SC, ou em outro local determinado pela PRF.

O curso valerá 10 pontos e o candidato que não obtiver, no mínimo, 6 pontos em cada avaliação e 7 pontos na média geral das disciplinas do CFP, ou que não obtiver frequência integral no curso, será considerado reprovado.

Validade

O prazo de validade do concurso PRF se esgotará após 30 dias, contados a partir da data de publicação da homologação do resultado final do curso de formação profissional, podendo ser prorrogado, uma única vez, por igual período.

Compartilhe

Concursos por E-mail
Assine nosso boletim para receber Concursos PRF diretamente no seu e-mail