Concurso TRE - MT: provas serão descentralizadas

Os candidatos poderão realizar as provas em Barra do Garças, Sinop ou Cuiabá. Prova exigirá conhecimentos da minirreforma eleitoral .

O concurso do Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso (TRE-MT) terá pela primeira vez na história a aplicação das provas de forma descentralizada. Os candidatos poderão realizar as provas em Barra do Garças, Sinop ou Cuiabá. Contudo, os aprovados para o interior do Estado poderão ser designados para outros municípios.

Apostila específica para Técnico Judiciário - Área Administrativa - TRE/MT

De acordo com a assessoria do órgão, a descentralização das provas visa trazer maior comodidade aos concorrentes, que não precisarão mais se deslocar à capital para se submeter ao exame de seleção.

O concurso TRE – MT, cujo prazo de inscrição foi encerrado em 21 de outubro de 2015, prevê o preenchimento de 12 vagas, mais formação de cadastro de reserva. Segundo o secretário de Gestão de Pessoas e Presidente da Comissão do Concurso, Valmir Nascimento Milomem Santos, “após a nomeação e entrada em exercício, os novos servidores passarão por treinamento na Sede do Tribunal antes de serem enviados aos seus postos de trabalho.

A distribuição das vagas é a seguinte:

- Quatro vagas para o cargo de Analista Judiciário da área jurídica, formação exigida em Direito, lotação no Interior do Estado;

- Cinco vagas para Técnico Judiciário, nível médio, lotação no Interior;

- Três vagas para Técnico Especializado em programação de sistemas, formação de nível médio acrescido de cursos que totalizem 180h na área de desenvolvimento ou programação de sistemas, lotação na sede administrativa (Cuiabá).

As provas serão realizadas no dia 13 de dezembro de 2015 e a previsão é que a posse dos aprovados se dê antes mesmo das eleições municipais de 2016.

Os candidatos podem acessar todos os detalhes do concurso, diretamente na página do CESPE/UnB (http://www.cespe.unb.br/concursos/TRE_MT_15/).

Prova exigirá conhecimentos da minirreforma eleitoral

O TRE-MT chama a atenção dos candidatos para a recente aprovação da Lei nº 13.165/15, conhecida como minirreforma eleitoral. O conteúdo fará parte do conhecimento específico exigido para os cargos de Analista Judiciário da área administrativa, Analista Judiciário da área judiciária, e Técnico Judiciário da área administrativa. A obrigatoriedade do conteúdo está disciplinado no Edital nº 3 do concurso.

Tópico: TRE

Compartilhe

Comentários

Mais Concursos no Brasil em foco

Especial Concurso BB

Veja mais »