Dicas para elaborar um bom currículo

O mercado de trabalho no Brasil está a cada dia mais competitivo. Veja 5 pontos para se atentar na hora de montar seu currículo.

Com um bom currículo, as chances de ser chamado para processos de recrutamento promissores aumentam consideravelmente.

Veja 5 dicas sobre como elaborar um bom currículo.

1 – Uma boa escrita

Você não precisa ser gênio da gramática, mas apresentar seu currículo com erros gramaticais podem te excluir do processo de seleção.

Esteja sempre atento ao conteúdo do seu currículo, à norma culta da língua e, caso não tenha conhecimento no assunto, peça ajuda, ou pague alguém para ajeitar o seu currículo.

O currículo será a primeira impressão para o empregador daquilo que você é. Ali ele vai escolher ou não te chamar para uma entrevista. Então, capriche!

2 – Boa estrutura

Faça o currículo seguindo uma estrutura padrão, existem vários modelos na internet que você pode baixar e usar. É importante ter letras padrões, o uso de negrito e itálico apenas em pontos específicos do texto. Além disso, quanto mais simples a estrutura do seu currículo, melhor. O que vale é o seu conteúdo. Seja simples e direto.

3 – Seja objetivo

Talvez você já tenha ouvido a expressão ‘menos é mais’ e isso pode ser aplicado aqui. Quando mais direto e objetivo você for nas informações do seu currículo, melhor.

O empregador está interessado em conhecer suas qualificações profissionais e experiências anteriores. Aborde esses temas da melhor forma possível, sendo direto e objetivo.

Desde que todas as informações realmente essenciais estejam no currículo, quando menor for, melhor.

4 – Não minta no currículo

Essa opção parece óbvia, mas infelizmente muitos candidatos mentem em seus currículos. Às vezes não existe o curso de inglês ou de informática, e eles o incluem com uma experiência (básica). Às vezes o candidato sequer terminou o ensino médio, mas ele informa que já concluiu...

Lembre-se de que, após ser contratado, você pode ter de mostrar na prática as qualificações que apontou em seu currículo.

Além disso, mentir é uma atitude antiética e de fácil averiguação na empresa. Após descoberta a mentira, a sua credibilidade pode ser arruinada.

5 – Coloque informações pertinentes

É importante que as informações de qualificação pessoal, como os cursos já realizados (seja eles profissionalizantes, superior, técnico ou outros), sejam precisas.

Além disso, contar com referências pessoais pode ser interessante para que o empregador tenha um referencial de credibilidade sobre sua conduta.

E, claro, as experiências profissionais têm que estar enumeradas. Na maioria das vezes é o que o empregador mais observa. Coloque o nome das empresas trabalhadas, a função e o período em que trabalhou.

Mas lembre-se de sintetizar as informações, não há necessidade de um currículo muito extenso. Seja breve.

A partir dessas dicas o próximo passo é organizar e produzir o seu currículo. Não perca tempo e distribua-o por aí!

Compartilhe

Comentários

Mais Guia do Concurseiro

Especial Concurso BB

Veja mais »