Aprenda a aplicar a regra dos 10 minutos para não procrastinar

Crie o hábito de estudar, pelo menos 10 minutos todos os dias. Crie o hábito de não procrastinar em determinadas tarefas todos os dias.

Quando inicia-se a preparação para concursos públicos, muitos são os desafios enfrentados pelos estudantes. Adaptar-se a uma rotina de estudos pode levar tempo e, conseguir ser assertivo no método de estudos também.

Para isso, o Concursos no Brasil traz sempre dicas de como lidar com esses desafios. Hoje temos uma dica para você estudante: aplicar a regra dos 10 minutos diários para criar o hábito de estudo.

A regra dos 10 minutos foi criada por Alex Allain, diretor de engenharia na Dropbox, para cumprir um objetivo estipulado. Ele tinha a meta de escrever um livro, então se desafiou a trabalhar no projeto por pelo menos 10 minutos por dia. Com essa regra, conseguiu escrever seu livro em 200 horas, divididas diariamente.

Durante esses dias, Alex Allain, usava o tempo não apenas para escrever, mas também para lidar com outros assuntos referentes ao livro. Até porque não eram todos os dias que ele estava inspirado. Então, usava o tempo para fazer outras ações referentes à composição do livro.

Dentro da rotina do concurseiro são avaliadas várias fases: leitura do edital, organização do calendário de estudos, definição da rotina, lidar com todo o conteúdo do edital, resolução de questões, revisão etc.

Assim, são várias as tarefas que você pode encaixar nos seus “10 minutos” diários. O ideal é: faça tarefas simples, comece aos poucos até conseguir criar o hábito diário de estudos e partir para as tarefas mais complexas. E faça sempre, pelo menos, 10 minutos alguma atividade durante o seu dia que te garanta chegar a conquistar o seu objetivo.

Importante é entender que a regra só te ajuda a não procrastinar...

A técnica dos 10 minutos não te incentiva a usar apenas esse tempo para produzir nos estudos. Ele incentiva a pelo menos usar 10 minutos do seu dia, todos os dias, para alcançar o seu objetivo.

Você acha que  irá resolver todos os seus problemas (seja nos estudos, seja na profissão, seja na vida) utilizando apenas 10 minutos do seu tempo para cada problema? Calma, que não é bem assim que funciona e a regra não vale para uma série de situações.

Exemplo: você se inscreveu para um curso online para um concurso previsto qualquer faz meses. As 300 aulas desse curso são divididas em pequenos vídeos de 8 a 10 minutos. Mas, desde que se inscreveu, você não conseguiu sequer começar a assisti-las e a qualquer momento o edital pode sair...

Nesse tipo de situação, a regra pode te ajudar: utilize 10 minutos do seu dia para criar coragem de estudar, de aproveitar esse curso. Não basta apenas assistir as aulas, mas se envolver, porque há cursos que exigem uma parte prática e é lógico que em 10 minutos por dia não dará tempo.

Mas imagine outra situação hipotética (bem rotineira): você está adiando faz tempo a ida a uma repartição pública para executar um serviço importante. Acha que essa regra vai te ajudar nisso? Não vai... você vai precisar de muito mais do que 10 minutos para resolvê-la.

Com isso, o que queremos dizer é que a regra dos 10 minutos ajuda as pessoas a não procrastinar uma série de tarefas do seu cotidiano. O caso do engenheiro da Dropbox é bem nítido: a elaboração de um livro se ajusta bem à regra, porque, de fato, um escritor pode escrever  parte desse livro todos os dias, usando 10 minutos do seu tempo.

Mas imagine um candidato a concurso estudando raciocínio lógico, a matéria que ele mais abomina, utilizando apenas 10 minutos do seu dia? Se ele precisar seguir os prazos do edital, será que 10 minutos diários serão suficientes? É claro que ele terá que acelerar e intensificar...

Como em tudo na vida, é preciso relativizar os resultados que todo método apresenta. Se o seu objetivo é deixar de "engavetar" vários projetos seus, a regra dos 10 minutos irá contribuir muito para parar de fazer isso.

Essa regra, no final das contas, é um alerta: se a gente não consegue mesmo fazer tudo de uma vez, é interessante dividir essa tarefa em várias partes, até concluí-la.

E então, quer começar hoje a aplicar os 10 minutos para fazer caminhar algo que estava parado em sua vida? Vamos lá!

Compartilhe

Comentários

Mais Guia do Concurseiro

Especial Concurso BB

Veja mais »