Resumo para concursos: formação de palavras - sufixos e prefixos em inglês

Conhecer a categoria gramatical que cada palavra receberá ao ser modificada a partir da utilização de sufixos ou prefixos é fundamental em inglês.

O estudo da formação de palavras - a morfologia - se faz necessário para a compreensão estrutural da língua inglesa. Afinal de contas, é preciso conhecermos a categoria gramatical que cada palavra receberá ao ser modificada a partir da utilização de sufixos ou prefixos.

Além disso, sabemos que para a criação de frases em inglês devemos dominar o conhecimento acerca dos marcadores discursivos, aqueles que fazem o papel de ligar uma oração a outra. Um detalhe interessante é ambos os fenômenos linguísticos acontecem também na língua portuguesa. Isto significa que não é tão complicado assim de aprender. Vamos lá! 


Prefixos

Quando uma palavra recebe um prefixo, normalmente no início da frase, é inserido dessa forma para que ocorra a modificação na palavra raiz, dando um novo sentido. Vários são os prefixos em inglês, assim como variadas são as suas interpretações. Por exemplo:

Negação

Os prefixos negativos têm a intenção de exprimir sentido contrário e negativo e são empregados em adjetivos, verbos e substantivos abstratos.

Un-: unhappy, uncomfortable, unable, unholy

In-: indifferent, inconvenient, incorrect, immortal

Dis-: disagree, dislike, disobey, disappear

Non-: nonsense, non-fiction, non-scientific, non-stop

A-: abnormal, anarchy, atheist, assymetry

Pejorativo

É utilizado em substantivos, verbos, adjetivos com a intenção de exprimir atos que foram realizados, mas não acabaram como se deveria; expressam também ‘erro’, imitação e falsidade. São exemplos:

Mis-: misunderstood, mistreat, misfire, misjudge

Mal-: malfunction, maldistribution, malnutrition, malpratice

Excesso ou falta

Prefixos assim são utilizados para representar grau e tamanho, ou seja, supervalorizar ou diminuir.

Over-sleep, mini-skirt, out-size, super-natural

Sufixo

Os sufixos são inseridos no final da frase e também tem a função de modificar o significado inicial da palavra. Eles ajudam a formar outra palavra gramaticalmente diferente, seja nominal, verbal ou adverbial. Aprenderemos os mais utilizados, significando qualidade, quantidade e pertencimento:

Less- “menos” ou “sem”

- homeless, powerless, useless, careless

Ness – dá o sentido de qualidade e estado aos adjetivos

- darkness, clearness, happiness, weakness

Ful - “cheio de”

- hopeful, useful, meaningful, greatful

Hood – pertencimento a algo ou alguém

- neighborhood, brotherhood, boyhood, childhood

Marcadores de Discurso

Ao produzir um texto na Língua Portuguesa, utilizamos de marcadores do discurso, termos que têm como função conectar, ligar as ideias no texto para que assim tenha coesão em sua estrutura. Mas se formos pensar no Inglês, essa formação de frases com uso dos marcadores é diferente?

A resposta é não! O Inglês também faz uso desses elementos para proporcionar ao usuário da língua uma produção textual organizada e com maior clareza.

É importante saber o que eles significam na oração. Os mais utilizados são os de adição, contraste, causa/consequência, tempo, exemplificação, conclusão e comparação:

Adição: and, besides, also, too, as well

Peter is a photographer and also writes books.

Contraste: but, however, although, still

I’d like to go but I’m too busy now.

Causa/Consequência: so, since, because, so that

I was feeling hungry, so I made myself a sandwich

Tempo/Sequência cronológica: when, before, after, first, second

Zimmerman changed his name after he left Germany.

Exemplificação: for example, such as, like, that is

That sum of money is to cover costs such as travel and accommodation.

Conclusão: in conclusion, finally, in short, so

In conclusion, Parliament has significantly contributed to improving this proposal.

Ênfase: in fact, actually, indeed, as a matter of fact;

Actually, on second thoughts, I think he was wrong.

Comparação: same as, just as, similarly, in the same way

The cost of living in the city is more expensive, but salaries are supposed to be similarly higher.

Importante saber que esses são alguns exemplos de como identificar esses formadores de palavras. Mas a lista é extensa e, conforme o interesse, pode se expandir.

Compartilhe

Comentários

Mais Guia do Concurseiro

Especial IBGE

Veja mais »