Bullet Journal: um método simples para ajudar na sua organização

"A diferença mais importante [do método] é que ele é visto pelo prisma do mindfulness. Não é só sobre o que você faz, mas sim porque você faz o que faz". Ryder Carroll

São inúmeras as tarefas, atividades, compromissos, estudos e muitas as ferramentas tecnológicas para nos ajudar com a organização do tempo. Mas quero compartilhar aqui uma forma mais artesanal e que já vem ajudando muitas pessoas na sua rotina diária com benefícios que só o que é feito-por-você-mesmo pode oferecer.

Trata-se do Bullet Journal, criado porRyder Carroll, um designer de produtos de Nova York. É um método de organização bem artesanal, ou seja, feito por você mesmo e com suas próprias mãos. Basta um caderno e uma caneta para começar ainda hoje a colocar no papel suas atividades e acompanhar o andamento delas de um jeito rápido, visual e intuitivo. Segundo o próprio criador, o Bullet Journal é uma junção de diário, agenda e caderno de anotações.

Ilustração

A ideia é que você use um caderno comum e marque a primeira página como Índice (para anotar as numerações das páginas de cada seção), depois vem um Calendário dos próximos seis meses, um Calendário do mês vigente e o seu Daily Log, ou seja, a parte onde você anotará os seus compromissos e tarefas diárias. Cada página tem seu número e um título que pode ser uma data ou um assunto.

 Cada item no Daily Log deve receber um símbolo para identificação:

(•) é uma tarefa e serve para qualquer coisa que você tenha que fazer.

(x) significa que aquela tarefa foi cumprida.

(>) significa que a tarefa mudou para outro dia.

(○) indica um evento.

(-) sinaliza uma anotação. São ideias, pensamentos, frases. Tudo que não seja um evento ou uma tarefa.

Depois disso, a liberdade é total e você pode usar sua criatividade para acrescentar o que for preciso para que ele incorpore a sua rotina e atenda às suas necessidades, além de ficar personalizado.

Muitos usuários transformam seu Bullet Journal em verdadeiras obras de arte, com detalhes, desenhos, gráficos, tornando o processo mais vivo e intenso. E pode começar hoje mesmo, não há necessidade de esperar o começo do mês ou do ano para montar o seu.

"Eu acho que essas ilustrações são uma forma de meditação e cuidado consigo mesmo. É uma galeria secreta apenas para você. É um ato de gentileza maravilhoso passar um tempo criando pequenos momentos de beleza". Ryder Carroll

No começo, seu layout pode ser mais básico e simples até pegar o jeito, afinal o objetivo é ajudar na organização diária e colocar no papel tudo o que você precisa para o dia a dia. Depois experimente colocar frases para inspiração, ideias, anotações, fazer colagens, ilustrações, usar lápis coloridos, diferentes tipos de letras, tudo que sua imaginação mandar. Esta é a parte divertida que vem com o tempo.

Fica aqui meu convite: experimente. Não basta ler. É preciso praticar.

Cibele Nardi

 

Compartilhe

Comentários

Mais Guia do Concurseiro