Características das provas da organizadora FUNRIO

A FUNRIO (Fundação de Apoio a Pesquisa, Ensino e Assistência) organiza diversos concursos municipais, estaduais e federais pelo Brasil, abordando diversos conteúdos programáticos e com características bem peculiares. Conheça algumas dessas características.

Para muitos, os concursos públicos podem ajudar a concretizar sonhos e melhorar a qualidade de vida, trazendo maior estabilidade econômica e, é claro, uma concreta estabilidade profissional. A FUNRIO (Fundação de Apoio a Pesquisa, Ensino e Assistência), por exemplo, é uma organizadora que há anos (criada em 2000) cria provas a fim de preencher vagas em diversos estados do Brasil.

É preciso lembrar que cada organizadora tem o seu estilo de prova, desde a formulação das perguntas até a correção e a divulgação de resultados. Nos concursos promovidos e executados pela FUNRIO, apesar dos ditames normativos serem praticamente os mesmos das demais bancas, geralmente há características peculiares que vez por outra sobressaem na análise dos candidatos. Então, conheça agora o que a FUNRIO apresenta nas suas seleções.

Visão geral

Em geral, sabe-se que as provas da FUNRIO são parecidas com as dos vestibulares brasileiros. Logo, o candidato deve se preparar tanto quanto se prepara para prestar o vestibular, conforme as respectivas exigências de cada conteúdo programático.

Ao observar as provas anteriores, muitos professores e alunos notam que, em determinados casos, existe uma prevalência de se pedir para o candidato um conteúdo programático muito "decorativo" (no sentido de "decorar" ou "decoreba"), atentando-se mais para a teoria do que para a prática, ou a aplicabilidade do conhecimento. Assim, necessita-se ter boa capacidade de memorização, ou pelo menos conhecer muito bem a matéria que será cobrada nessas provas. O raciocínio não é uma das características principais de determinadas questões da FUNRIO. Entretanto, apesar disso parecer favorável, sabe-se que suas questões tendem a ser mais complexas.

Como as questões são geralmente extensas, o candidato precisa saber assimilar melhor o seu tempo, iniciando a prova com aqueles enunciados mais simples e rápidos para que não perca tempo nas questões maiores e mais difíceis. Então, a estratégia é deixar por último aquelas que exigem maior concentração.

Provas

Já quando se fala do quesito provas, geralmente é apresentado ao candidato questões com cinco alternativas cada, A, B, C, D, E, em que apenas uma está correta. O não preenchimento de nenhuma alternativa, rasura ou duas respostas, indica a anulação daquela questão específica. Não há provas somente de múltipla escolha, mas também questões dissertativas em alguns concursos, chegando a ser mais exigentes, inclusive.

A complexidade da prova da FUNRIO é considerada alta, uma vez que demanda muitos conteúdo e regras específicas para cada matéria, principalmente no que diz respeito às disciplinas de História e Português.

Dicas

Para conseguir fazer uma prova mais calmo e sem pressa, é recomendável que refaça as provas dos anos interiores, de diferentes concursos da banca, até porque será necessário "se acostumar" com as questões, para melhor lidar com o fator tempo, o qual será o seu maior inimigo. Portanto, conheça o que está sendo pedido e cronometre quanto tempo demora para responder a prova inteira. Isso só é possível em um ambiente de simulação ou prática, que pode ser o seu recanto preferido de estudos, usando o cronômetro do seu celular.

Compartilhe

Comentários

Mais Guia do Concurseiro

Especial Concurso BB

Veja mais »