Como estudar Raciocínio Lógico para concursos

Aritmética, álgebra, geometria, estruturas lógicas, frações, proporções, problemas etc. Como "se encontrar" em meio a essas e outras noções?

Aritmética, álgebra, geometria, estruturas lógicas, frações, proporções, problemas etc. Em editais de concursos públicos o tema Raciocínio lógico pode englobar uma quantidade grande e imponente de assuntos. Isso assusta muitas vezes. O que fazer na hora de estudar?

Identifique o que é pedido no concurso

Antes de começar a estudar, leia o edital e estude bastante, seja por curso presencial, curso online, livros ou apostilas! Veja que assuntos serão cobrados e faça uma lista daqueles que você ainda não domina. A matemática é uma ciência que engloba uma quantidade muito grande de assuntos. Ela é ainda mais ampla que o que é pedido no edital do concurso. É importante identificar que fração da matemática precisa ser compreendida para a prova.

Aprenda a priorizar assuntos mais importantes

Todos os temas dentro da área de Raciocínio Lógico podem ser bem interessantes e até divertidos de se estudar. Seria muito bom aprender tudo para acertar todas as questões dessa área. Mas, infelizmente, você tem um tempo finito para se preparar para a prova. Dependendo da antecedência com a qual você começar a estudar é possível que você não tenha tempo para aprender totalmente todos os assuntos. Nesse caso o que fazer?

Sendo necessário escolher entre saber superficialmente todos os assuntos ou saber bem alguns tópicos opte pela segunda opção. Um conhecimento superficial em geral não é suficiente para chegar na resposta certa. Como as questões são de múltipla escolha o seu raciocínio inicial não é levado em conta, então é muito importante conseguir resolver corretamente todo o exercício.

Que assuntos escolher? Olhe as provas antigas para ver quais os temas que usualmente são cobrados no concurso em questão. Comece por esses temas que possuem maior probabilidade derem usados nas provas.

Organize-se

Faça um plano de estudos com metas semanais ou quinzenais. Separar a sua tarefa em metas menores tornará mais fácil avaliar o seu progresso.

Pratique

Essa é, provavelmente, a dica mais importante. Você já tentou aprender a tocar piano olhando um pianista? Lendo sobre teoria da música? Com a matemática o mesmo acontece. Ela é uma disciplina onde você só aprende fazendo.

Ler a teoria associada com cada um dos temas é um importante passo inicial, mas não deve ser o único passo. Para garantir que você vá conseguir colocar em prática a teoria você precisa resolver exercícios. Isso vai ajudar a lembrar e entender melhor a teoria.

Se possível resolva questões antigas do concurso buscado. As provas de concurso possuem um viés para o tipo de vaga aberto. É importante conhecer o contexto em que os problemas matemáticos podem aparecer.

Avalie o tempo de resolução

Em um concurso público não basta saber resolver um problema, é preciso ser rápido e resolvê-lo dentro do tempo da prova. Isso é algo que exige um certo treinamento. Faça simulados marcando o tempo de resolução dos exercícios. Isso certamente vai te deixar mais preparado tanto psicologicamente como intelectualmente para o concurso.

Não tenha medo do concurso

Qualquer que seja o seu nível de conhecimento matemático não se intimide com o concurso. Desde que você estude e pratique bastante você certamente conseguirá acertar diversas questões da área de raciocínio lógico.

Por Kellen Manoela

 

Compartilhe

Comentários

Mais Dicas