Concurso UFRB 2015: dicas de estudo para a reta final

Dicas de estudos para a reta final do concurso público da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, que disponibiliza vagas para o quadro de pessoal técnico-administrativo.

Os milhares de candidatos (baianos ou não) inscritos no concurso da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) devem aproveitar estes poucos dias que ainda restam para consolidar os conhecimentos adquiridos ao longo dos meses antecedentes. Isto significa que a última semana é o momento ideal para reforçar a leitura e resolução de simulados, inclusive aproveitando algumas questões de outras bancas examinadoras. A instituição oferece salários que estão variando entre R$ 2.039,89 para o nível médio/técnico a R$ 3.392, 42 para o superior, o que a caracteriza como uma ótima oportunidade de se tornar "federal".

Apostilas preparatórias para o cargo de Assistente em Administração (diversos IFs e Universidades Federais)

No que se refira à concorrência, que foi divulgada esta semana (17/02/0015), podemos lembrar que o certame está bastante disputado, tanto por parte dos candidatos às vagas de ampla concorrência, quanto pelos que optaram pelas vagas reservadas a negros. As 143 vagas da UFRB serão disputadas com bastante afinco pelos milhares de inscritos. Para se ter uma idéia, em um dos cargos mais concorridos, Assistente Administrativo, que teve quase 17 mil inscritos, a concorrência ampla chega a 221 candidatos por vaga, enquanto que a concorrência nas cotas para negros chega a 285 por vaga. Há cargos em que a concorrência chega a 310 por uma vaga! Nada se compara, por exemplo ao concurso recentemente realizado do TJBA, que para alguns cargos chegava a ser de 1.014 por vaga, mas o fato é que será preciso mesmo ter muita atenção na hora de responder às questões da Funrio, para pleitear uma colocação dentro da nota de corte.

Por falar na Funrio, vale repetir a orientação de que devem ser conferidas principalmente as provas dos concursos para os IFs, que foram organizados por ela. Há muita similaridade com o presente concurso da UFRB, inclusive por conta da proximidade/similaridade dos cargos. Estudar o conteúdo e sempre que possível revisá-lo, sim, sempre, mas apreciar parte ou todas essas provas é uma tarefa imprescindível!

O conteúdo programático do concurso UFRB não chega a ser extenso, nem complexo, mas inspira atenção nos detalhes. Os conteúdos de Lingua Portuguesa, por exemplo, tendem a priorizar o conhecimento linguístico-gramatical dos candidatos. Assim, pode ser útil se ater um pouco às regras gramaticais básicas, como as de acentuação, colocação pronominal, ordem do texto, morfologia, estrutura sintática da gramática normativa, mas não deve ser deixado de lado o fator interpretação, junto à abordagem semântica de palavras e orações do texto apresentado (embora isso tenha menor ênfase, segundo alguns especialistas). A organizadora também abordará conhecimentos de estilística, principalmente aquelas em que deva ser necessário distinguir algumas figuras de linguagem (metáfora, anacoluto, pleonasmo, metonímia, hiperbole, entre outras).

O lado bom dessa prova da UFRB é que não haverá prova discursiva! Muitos consideram esse tipo de prova um verdadeiro "terror", mas para outros escrever um bom texto significa uma alternativa a mais para ser bem avaliado e quem sabe ultrapassar mais facilmente a nota de corte. Uma boa dica também é atentar para as questões que cobrarem conhecimentos sobre redação de correspondências oficiais, e para isso há bons manuais de redação pela internet.

Toda a parte referente a Legislação cobrada no concurso deverá ser abordada pelo viés do que se convencionou chamar de "letra da lei": a banca tem uma forte tendência a cobrar conteúdos de legislação em questões que primam pela, digamos, "literalidade" (os enunciados possuem mínimas diferenças em relação ao texto original da lei, muitas vezes praticamente sem diferença alguma). No entanto, isso não significa "facilidade", pois exigirá do candidato um esforço maior para "decorar" determinados textos legais, sem falar que as questões poderão ser extensas. Quem tiver capacidade acurada de memorização, e uma boa dose de tranquilidade, poderá se sair muito melhor.


O conteúdo de Informática básica foi bem mais sucinto do que muitos imaginavam ser cobrado. Aqui continua valendo aquela premissa: quem tiver mais familiaridade "na prática" com Microsoft Office 2010, ambiente Windows, Excel 2010, os dois aplicativos básicos da suíte LibreOffice (Writer e Calc) e algumas concepções bem alicerçadas de assuntos básicos de Informática (Internet, Intranet: Utilização, navegadores, correio eletrônico, hardware, software e segurança da informação) sem dúvidas terá sucesso nessas questões.


Para todos os concurseiros que estão na maratona UFRB 2015 muito sucesso!

Compartilhe

Comentários

Mais Dicas