Dicas de Informática para o concurso Banco do Brasil

Confira algumas novidades do concurso do Banco do Brasil de 2018 relacionados aos conhecimentos de Informática.

Na prova para Escriturário do Banco do Brasil de 2018 as questões sobre Informática estão causando relativa preocupação na maioria dos candidatos.  No concurso de 2015, também realizado pela Cesgranrio, as questões que envolviam o então chamado "Domínio Produtivo da Informática" foram consideradas mais "normais" para esse tipo de cargo. Porém, agora em 2018, o programa chama esses conteúdos de "Conhecimentos de Informática" e, para surpresa geral, vieram com uma abordagem completamente diversa.

O número de questões aumentou, em relação ao último concurso: agora serão 25 questões com valor de 1,5 ponto cada, subtotalizando 37,5 pontos. É provável que tenha aumentado também a complexidade das questões, pois a Cesgranrio passou a priorizar conhecimentos considerados mais técnicos, ou mais teóricos, em detrimento dos conteúdos considerados mais "clássicos" e presentes na maioria dos concursos federais.

Para se ter uma ideia, o programa não traz mais noções de sistemas operacionais como o Windows e Linux, nem questões sobre editores de texto e processadores de planilhas eletrônicas. Foram descartados também aqueles conhecimentos básicos sobre redes sociais (Twitter, Facebook, Linkedin), tecnologias e ferramentas de colaboração, correio eletrônico, grupos de discussão, fóruns, wikis e educação a distância, proteção e segurança, backup, vírus e ataques.

Tudo isso dará lugar à cobrança de questões mais relacionadas às linguagens de programação, à estrutura e bancos de dados e às tecnologias da web mais profundas. Sem dúvidas, seguindo a tendência de algumas grandes bancas da atualidade (a FCC, por exemplo), a tônica tem sido surpreender os candidatos e os preparatórios naquilo que todos consideravam como previsível. Isso nos leva a crer que a tese popular da existência de um tal "estilo de banca" venha cada vez mais perdendo espaço...

Com essa nova proposta do Banco do Brasil, que está claramente buscando captar profissionais com melhor "desenvoltura" na área de TI, resta aos candidatos se adequarem.

Conteúdos de Informática cobrados em 2015 e em 2018

2015 - Cesgranrio

  • Microsoft Windows 7 em português: Conhecimentos básicos. Criação de pastas (diretórios), arquivos e atalhos, área de trabalho, área de transferência, manipulação de arquivos e pastas.
  • Processador de texto (MS Word e BrOffice.org Writer [ou LibreOffice]). Edição e formatação de textos (operações do menu: Formatar, Inserir tabelas, Exibir - cabeçalho e rodapé, Arquivo - configurar página e impressão, Ferramentas - ortografia e gramática.
  • Planilhas eletrônicas (MS Excel e BrOffice [ou LibreOffice].org Calc). Edição e formatação de células, manipulação de fórmulas matemáticas elementares, filtros, seleções e ordenação.
  • Editor de Apresentações (MS PowerPoint e BrOffice.org Impress). Uso de slide mestre, formatação e transição de slides, inserção de objetos (som, imagem, links).
  • Conceitos básicos de tecnologias relacionadas à Internet e Intranet, World Wide Web, Navegador Internet (Internet Explorer e Mozilla Firefox), busca e pesquisa na Web.
  • Conceitos básicos de tecnologias e ferramentas de colaboração, correio eletrônico, grupos de discussão, fóruns e wikis.
  • Conceitos básicos de proteção e segurança, realização de cópias de segurança (backup), vírus e ataques a computadores.
  • Conceitos de organização e de gerenciamento de informações, arquivos, pastas e programas.
  • Conhecimentos gerais sobre redes sociais (twitter, facebook, linkedin).

2018 - Cesgranrio

  • Linguagens de programação: Java (SE 8 e EE 7), Phyton 3.6, JavaScript/EcmaScript 6, Scala 2.12 e Pig 0.16;
  • Estruturas de dados e algoritmos: busca sequencial e busca binária sobre arrays, ordenação (métodos da bolha, ordenação por seleção, ordenação por inserção, lista encadeada, pilha, fila, noções sobre árvore binária), noções de algoritmos de aprendizado supervisionados e não supervisionados;
  • Banco de dados: conceitos de banco de dados e sistemas gerenciadores de bancos de dados (SGBD), modelagem conceitual de dados (a abordagem entidade relacionamento), modelo relacional de dados (conceitos básicos, normalização), banco de dados SQL (linguagem SQL (SQL2008), linguagem HiveQL (Hive 2.2.0)), banco de dados NoSQL (conceitos básicos, bancos orientados a grafos, colunas, chave/valor e documentos), data Warehouse (modelagem conceitual para data warehouses, dados multidimensionais);
  • Tecnologias web: HTML 5, CSS 3, XML 1.1, Json (ECMA-404), Angular.js 1.6.x, Node.js 6.11.3, REST;
  • Manipulação e visualização de dados: linguagem R 3.4.2 e R Studio 5.1, OLAP, MS Excel 2013;
  • Sistema de arquivos e ingestão de dados: conceitos de MapReduce, HDFS/Hadoop/YARN 2.7.4, Ferramentas de ingestão de dados (Sqoop 1.4.6, Flume 1.7.0, NiFi 1.3.0 e Kafka 0.11.0).

Tópico: Banco do Brasil

Compartilhe

Comentários

Mais Dicas