Questões comentadas de Raciocínio Lógico

Confira questões de Raciocínio Lógico que contribuirão para sua preparação para concursos de diversos áreas técnico-administrativas.

O raciocínio lógico tem relação com o uso das informações apresentadas para determinar qual a conclusão a qual elas levam. Ele pode envolver o uso de expressões matemáticas ou diagramas ou simplesmente o raciocínio verbal, através da associação entre sentenças. A questão a seguir é um exemplo dessa última situação:

(FCC-2016) Se João chegar bravo em casa, então Claudete foge para o quarto e Beto não entra em casa. Uma afirmação que corresponde à negação da afirmação anterior é: 

a) João não chega bravo em casa e, Claudete não foge para o quarto ou Beto entra em casa. 

b) Se João não chega bravo em casa, então Claudete não foge para o quarto e Beto entra em casa. 

c) João chega bravo em casa e, Claudete não foge para o quarto ou Beto entra em casa. 

d) Se Claudete não foge para o quarto ou Beto entra em casa, então João não chegou em casa bravo. 

e) e Claudete foge para o quarto e Beto não entra em casa, então João chegou bravo em casa. 

O texto nos diz que o ato de João chegar bravo em casa tem duas consequências: a fuga de Claudete para o quarto e Beto não entrando em casa. Caso João não chegue bravo em casa, não podemos concluir nada sobre o comportamento de Claudete ou de Beto. No entanto, se soubermos que a Claudete não fugiu para o quarto e/ou que o Beto entrou em casa, poderemos afirmar que João não chegou em casa bravo.

Essa estrutura é do tipo A implica em B (denotada matematicamente por “A -> B”). Ela nos diz que se A for verdadeira, B necessariamente será verdadeira. Essa estrutura pode ser expressa por uma tabela verdade, onde 1 significa que a proposição é verdadeira e 0 significa que ela é falsa. Esses são os valores lógicos das proposições A e B. A terceira coluna mostra se “A->B” seria satisfeito, ou não, pela combinação de valores lógicos de A e B:

A

B

A->B

1

1

1

1

0

0

0

1

1

0

0

1

No caso do exemplo, A corresponde a “João chegar bravo em casa” e B corresponde a “Claudete foge para o quarto e Beto não entra em casa”. Se A e B forem verdadeiros, A->B será verdadeiro (primeira linha da tabela). O exercício nos pede para buscar uma sentença que negue a sentença original. Isso significa que precisamos procurar qual das alternativas nos dá valores lógicos para A e B tais que onde A->B é falso. Olhando na tabela, isso acontecerá se A for verdadeiro (João chegar bravo em casa) e B for falso (Claudete não foge para o quarto e/ou Beto entra em casa). A alternativa que satisfaz essa exigência é a C.

***

A questão a seguir também envolve o raciocínio lógico. Ela pode ser resolvida sem o uso de uma matemática complicada.

(VUNESP-2016) Considere verdadeiras as proposições:

Se José prefere assistir a séries de televisão, então Roberto assiste a filmes no cinema.

Carlos não assiste ao futebol.

Se Lucas assiste a novelas, então Carlos assiste ao futebol.

Roberto assiste a filmes no cinema ou Lucas assiste a novelas.

A partir dessas proposições, pode-se afirmar corretamente que:

a) Roberto não assiste a filmes no cinema ou José não prefere assistir a séries de televisão.

b) Lucas não assiste a novelas e Carlos assiste ao futebol.

c) José prefere assistir a séries de televisão e Carlos não assiste a futebol.

d) Lucas não assiste a novelas ou José prefere assistir a séries de televisão.

e) Lucas assiste a novelas e Roberto assiste a filmes no cinema.

Temos as seguintes proposições que podem ou não ser verdade:

(1): José assiste a séries de televisão

(2): Roberto assiste a filmes no cinema

(3): Carlos assiste futebol

(4): Lucas assiste a novelas

Do enunciado sabemos que Carlos não assiste ao futebol, portanto (3) é uma proposição falsa.

O enunciado nos diz, também, que se Lucas assiste a novelas, então Carlos assiste ao futebol. Essa afirmação também é o tipo “A implica B”, como a do exercício anterior. Aqui, A corresponde a Lucas assistir a novelas (4) e B corresponde a Carlos assistir ao futebol (3). A verdadeiro significa que B necessariamente é verdadeiro e B falso significa que A é falso. Como sabemos que (3) é falso, podemos concluir, então, que (4) também é falsa.

A quarta proposição do enunciado diz que Roberto assiste a filmes no cinema ou Lucas assiste a novelas. Ou seja, ou (2) ou (4) precisam ser verdadeiras. Como já sabemos que (4) é falsa, isso significa que (2) é verdadeira.

A proposição Se José prefere assistir a séries de televisão, então Roberto assiste a filmes no cinema também é o tipo “A implica B”, com A = (1) e B=(2). Sabemos que (2) é verdadeiro, portanto (1) pode ser verdadeiro ou falso. Com isso temos:

(1) – V ou F: José pode assistir a séries de televisão ou não

(2) – V: Roberto assiste a filmes no cinema

(3) – F: Carlos não assiste futebol

(4) – F: Lucas não assiste a novelas

A resposta que buscamos é a (D). Ela diz que “(3) é falso” ou “(1) é verdadeiro”, o que estará correto se uma dessas afirmações for verdadeira. Como já sabemos que “(3) é falso” é uma afirmação correta, isso significa que toda a sentença dessa afirmativa será correta.

Mais Dicas